Copa do mundo

Copa da Rússia: Análise dos grupos – Parte 2

Salve, salve! Leitores e amigos do blog Major Sports, voltamos orgulhosamente com a segunda parte das análises dos grupos da Copa. Nesta edição final do nosso especial teremos os grupos E, F, G e H, dentre estes grupos temos a favorita Alemanha e nosso Brasil, que carrega muitas expectativas. Então, desejo a todos boa leitura e diversão:

 

Grupo E: Fácil, porém  complicado?

coutinho-brasil-argentina-eliminatorias-2018-10112016_1gqrhrdwqrve61ged81q2zxa6t

Suíça: Seleção que se destaca principalmente por sua defesa, vem sempre chegando em copas do mundo e fazendo boas campanhas, chegando em oitavas de final muito por causa da sistema defensivo como em 2014 quando a Argentina de Messi sofreu até o fim do segundo tempo da prorrogação para eliminar os suíços.

Fique de olho: Shaquiri, sabemos que a defesa é o ponto forte da Suíça, mas Shaquiri é o talento deste do time, todo o ataque passa nos seus pés e se os suíços conseguem marcar gols muito é por causa de sua habilidade e potência nos chutes de média distância.

Chance de classificação: A Suíça vai repetir o que tem feito nas ultimas copas e classificar muito devido a sua forte defesa, o que faz as calculadoras apontarem  7/10 de classificação

Servia:  Uma seleção  burocrática, durante a fase classificatória perdeu apenas um jogo , teve mudança técnica recente e vai apostar em jovens que ganharam o mundial sub 20 do Brasil em 2015

Fique de olho: Matic é o grande nome dessa geração, se destaca por sua boa marcação no momento defensivo e boa saída de bola, além do chute de longa distância. É o jogador que faz a seleção jogar, então,  se os sérvios querem algo, vão depender muito do futebol dele.

Chances de classificação: Mesmo com uma defesa forte a Servia ainda está em fase de se estabelecer novamente no cenário do futebol mundial, então fará jogos honrosos, mas  dificilmente se classificará, a calculadora diz 2/10 de chances.

Costa Rica: Protagonista de suas eliminatórias desde a copa de 2014, a Costa Rica fez o seu papel e se classificou com 1 rodada de antecedência para copa, mas nos últimos jogos não vem conseguido resultados e vem mostrando um futebol óbvio e de pouca criatividade mas pode representar perigo no grupo por seus contra-ataques rápidos

Fique de olho: Keylor Navas, goleiro titular do Real Madrid há 2 anos, é o destaque dessa seleção. Se na Espanha ele é contestado por suas atuações que vão do céu ao inferno em dois lances, na seleção ele é incontestável, os costa riquenhos sabem que a esperança de repetir 2014 passam por suas defesas.

Chances de classificação: A calculadora é cruel e a Costa Rica é a pior seleção do grupo ,então na nossa escala de chances o resultado é de 1/10.

Brasil: Chegou a hora de falar da seleção canarinho. Depois de um começo de eliminatórias turbulento que culminou na demissão de Dunga, a seleção achou em Tite a salvação e o retorno da vontade de jogar. A equipe se encontrou e conseguiu a classificação para copa com 3 rodadas de antecedência e jogando um futebol vistoso e organizado, enfim temos sim condições de brigar para levantar o caneco.

Fique de olho: Vou falar de um camisa 10 fundamental no seu time e que teve o nome envolvido em especulações na janela de transferência… Você achou que era o Neymar certo? Errado, vou falar de Phillipe Coutinho, jogador fundamental do Liverpool e envolvido em especulações com o Barcelona, Coutinho será fundamental a seleção brasileira pois ele vai ser um desafogo em jogos complicados como teremos nessa fase de grupos, mas com a sua habilidade e ótimo chute de fora da área tem tudo para ser protagonista também na seleção brasileira.

Chances de classificação: A Seleção brasileira vai se classificar com facilidade? Não pois vai enfrentar duas seleções com defesas bem fortes, mas a habilidade e técnica do nosso esquadrão farão a diferença, 9/10 segundo nossas calculadoras.

 

Grupo F:  Lá vem eles de novo

alemanha

Alemanha: Única seleção a ganhar todos os jogos das eliminatórias com a base da copa de 2014 mantida e adesão de jogadores de muita habilidade como Leroy Sané, a Alemanha é a favorita para ganhar a copa de 2018.

Fique de olho: Thomas Müller,  meia atacante do Bayern de Munique, jogador de forte físico e habilidade com a bola nos pés,r vem para sua terceira copa do mundo e com muitas chances de se tornar o maior goleador em copas, superar seu compatriota Klose.

Chance de classificação: Grupo relativamente fácil para os alemães fecharem em primeiro lugar com facilidade, nossas calculadoras agradecem o descanso no trabalho e cravam 10/10.

México: Outra protagonista de suas eliminatórias, a seleção mexicana se classificou facilmente com 3 rodadas de antecedência, mas resultados como os da copa América centenário, onde perdeu de 7 a 0 para o Chile, fizeram o trabalho de professor Osório (sim aquele mesmo torcedor são paulino) ser contestado, mas com os resultados dos últimos amistosos a seleção vem empolgada para copa.

Fique de olho: Javier Hernandez, jogador do West-Ham, Chicharito como é conhecido, é o principal jogador, rápido e oportunista, sabe que uma boa campanha de sua seleção depende de suas atuações.

Chance de classificação: segundo as nossas calculadoras a seleção mexicana depende muito do seu duelo contra a Suécia para a classificação então as chances de la tri de se classificar são de 5/10

Coreia do Sul: Buscando trazer de volta a sensação de 2002, os Sul Coreanos vão pra copa afim de apagar a imagem de 2014 onde não passou da primeira fase e mostrou um futebol de pouca qualidade.

Fique de olho: Heung-Min Son, jogador do Tottenham da Inglaterra, veloz e com ótima qualidade de finalização, Son é a esperança dos sul-coreanos para vôos maiores na copa.

Chance de classificação: Nossas calculadoras não acreditam muito na andorinha Son para classificar a Coreia, então as chances deles são de 2/10

Suécia: Querendo repetir 1994 ondes foram até as semis, a seleção vem de uma eliminatória onde teve que mostrar muita garra pois conseguiu ser segunda colocada num grupo onde tinha França e Holanda e não satisfeita veio a eliminar a tradicional seleção italiana na repescagem europeia.

Fique de olho: Forsberg, jogador do Red Bull Leipzig, boa visão de jogo, qualidade nos passes e finalização, essas são as armas de Forsberg e o faz o principal jogador dessa seleção sueca desde a saída de Ibrahimovic e tem tudo para fazer uma ótima copa.

Chances de classificação: Disputará a vaga diretamente com a seleção mexicana, esse jogo será determinante para ambas na Copa. As calculadoras suaram um pouco mas definiram a chance da Suécia de 6/10.

 

Grupo G: Duelo de gerações

kane

Bélgica: Ah, a famosa geração belga onde há vários destaques individuais mas falta ainda uma seleção. A Bélgica vem a essa copa para provar que é mais do que uma geração de vídeo game e para melhorar o que fez em 2014 onde foi eliminada nas quartas de final pela Argentina.

Fique de olho: Hazard, dos vários ótimos jogadores que a geração belga, o destaque  ica com Hazard que tem sido o cérebro dessa equie com seus dribles rápidos e visão de jogo , além da sua conhecida velocidade. Hazard é o motor, cérebro e coração dessa seleção belga.

Chances de classificação: Grupo fácil com duelos teoricamente tranquilos para essa geração, nossas calculadoras dão 8/10 de chances para a “excelente geração belga”.

Inglaterra: Os three Lions vem a essa copa com uma classificação relativamente tranquila, porém burocrática com um futebol fraco, mas com perspectivas de melhora graças a uma geração de jogadores jovens e famintos por glórias com a seleção. O esperado é que os Lions apaguem o vexame de 2014 onde ficaram na primeira fase.

Fique de olho: Harry Kane, atacante do Tottenham, artilheiro nato com incrível poder de finalização, Kane é a peça que faltou por muitas vezes aos ingleses, o matador, o jogador de definição e eles encontraram isso em Kane, as chances de ótima campanha na copa passam nos pés dele.

Chances de classificação: Os ingleses agradecem a facilidade que veio com esse grupo e assim as calculadoras dão as chances de classificação de 7/10.

Panamá: Estreante em copa do mundo, a seleção panamenha surpreendeu a América do Norte e Central eliminando os Estados Unidos. Vem com poucas expectativas, mas com muita festa nas arquibancadas.

Fique de olho: Blas Pérez, segundo maior artilheiro da história da seleção, Blas vem a copa para coroar uma carreira iniciada em 98 e sempre com muita dedicação ao país.

Chances de classificação: o Panamá vem para a festa, sem muitas chances devido a uma seleção com destaques envelhecidos e fraca tecnicamente comparada a maioria das seleções. As calculadoras tiveram pouco trabalho para definir as chances de classificação em 1/10.

Tunísia: De volta a copa depois de 12 anos, os Tunisianos fizeram uma campanha correta principalmente nos jogos decisivos, onde fez o time se sem sufoco. A seleção vem com esperanças de conseguir se classificar para as oitavas de final pela primeira vez na história

Fique de olho: Wahbi Khazri, jogador do Rennes da França é o “dono da bola”, sendo o principal armador de jogadas e também um dos goleadores do time – ele é o maior artilheiro do elenco atual à frente até mesmo dos atacantes. Aos 26 anos, chegará ao Mundial da Rússia no auge físico e técnico, como um dos nomes para ficar de olho.

Chances de classificação: Grupo difícil, mas com chances um pouco maiores do que as do Panamá. As calculadoras dão 3/10 de chances para a Tunísia.

 

Grupo H: Futebol alternativo 2

lewa

Polônia: Desde 2006 sem vir a uma copa do mundo, a Polônia volta com a missão de apagar os vexames recentes de não classificação para a copa de 2014 e a euro de 2016 e mostrar que sim faz jus a ser uma das cabeças de chave da competição.

Fique de olho: Lewandowski, artilheiro por onde jogou e atualmente principal jogador do Bayern de Munique. Aos 30 anos, ele não chegará na Rússia exatamente no auge físico e técnico, mas ainda assim Lewandowski é um atacante que mete medo em qualquer defesa e será uma das estrelas do Mundial.

Chances de classificação: As calculadoras acreditam na Polônia líder do grupo até com uma certa facilidade, então elas dão 9/10 de chances de classificação.

Colômbia: Seleção sensação das últimas eliminatórias sul-americanas, a Colômbia teve um início arrasador com futebol bonito, mas na virada de turno o time sofreu mais que o necessário, com uma visivel queda em seu futebol e precisou da última rodada para garantir uma vaga que parecia certa ao fim do primeiro turno.

Fique de olho: Falcão Garcia,  “el tigre” como é conhecido, perdeu a copa de 2014 por uma lesão grave no joelho e assim também perdeu o rumo na carreira com passagens fracas por Manchester United e Chelsea. Falcão precisou voltar ao Mônaco para reencontrar o seu melhor futebol e gols, sendo um dos responsáveis pelo título da Ligue 1 temporada passada, “El Tigre” finalmente terá a chance de se curar do trauma de 2014 e mostrar toda sua qualidade na maior competição de futebol do mundo. Pobres zagueiros…

Chances de classificação: Com essa instabilidade da seleção colombiana as calculadoras são mais precavidas e dão 5/10 de chances para Los cafeteros.

Senegal: Em sua segunda participação Senegal quer repetir o feito de sua primeira participação onde chegou as quartas de final (com direito a uma vitória sobre a França, então campeã mundial, na estréia). Os Senegaleses tem como objetivo voltar a fazer um bom papel na Rússia e recuperar a estima do povo de Senegal, ainda triste pelas três ausências seguidas em Copas do Mundo.

Fique de olho: Sadio Mané, jogador do Liverpool, de velocidade absurda principalmente em contra ataques, Mané é o craque dessa seleção e todas as jogadas do time passam por seus pés na parte ofensiva. No ano que vem é um dos nomes em que vale ficar de olho durante o torneio.

Chances de classificação: As calculadoras dão 4/10 de chances para Senegal por causa principalmente da defesa, que historicamente sempre dão problemas para seleções africanas

Japão: Os “Samurais” fizeram uma eliminatória sólida e conseguiram a vaga no Mundial de maneira tranquila, sem serem ameaçados em nenhum momento. Na primeira fase, terminaram no 1º lugar do grupo E, com 7 vitórias e 1empate. Depois, dominaram o grupo B na segunda fase, ganhando seis, empatando duas e perdendo em apenas uma ocasião. Com isso, a equipe da terra do sol nascente garantiu sua classificação já na penúltima rodada do qualificatório asiático.

Fique de olho: Honda, jogador do Pachuca do México, mesmo em fase decadente na carreira, o jogador de 31 anos foi extremamente decisivo, marcando sete gols e terminando como artilheiro japonês no qualificatório, à frente de Shinji Kagawa, do Borussia Dortmund, que fez seis gols, Shinji Okazaki e Genki Haraguchi, que anotaram cinco cada. Essa pode ser a 3ª copa de Honda pelo Japão já que ele disputou as copas de 2010 e 2014

Chances de classificação: Mesmo com muita tradição nas ultimas copas a geração japonesa vem envelhecida e mais fraca tecnicamente, mas os parceiros de Nozu San ficam com 4/10 de chances no grupo pois há muita instabilidade nos adversários diretos a segunda vaga.

images

E assim fechamos nossa análise das seleções da copa, queremos sua participação , concorda ou discorda de algo? Qual jogador além dos citados, você leitor acha que também vale a pena ficar de olho? Participe nos comentários do blog.

Um abraço.

 

Americo Gomes, aficcionado em copas do mundo, para o blog Major Sports.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s