esporte

Goaltenders: Transcendendo Gerações

goalies

Resolvemos retirar nossa calculadora do Freezer, para falar de alguns nomes que marcaram época na NHL, iremos tratar sobre goleiros que tiveram muitas glorias e levaram seus respectivos times a tão sonhada Stanley Cup e ao mesmo tempo se consagraram em premiações individuais. Nesta matéria iremos tratar de 2 Hall Of The Fame, são eles: Dominik Hasek e Patrick Roy, um goleiro que é evidente a sua nomeação ao Hall da fama, Martin Brodeur e um goleiro ainda em atividade, este não apresenta muitos prêmios individuais e muito menos coletivos, mas se mostra um goleiro exemplar, estando no Top 5 na liga em vitorias, o Roberto Luongo. Matéria foi um pedido do um certo cozinheiro ai, que ao invés de ficar arrumando os camarões para os clientes fica pedindo matéria de alto conteúdo para o Blog, desde já valeu pela boa indicação de matéria Luiz “chef”.

Patrick Roy

roy

Para começar vamos falar do canadense Roy, hoje com 52 anos, o goleiro que atuou por 12 anos no Montreal Canadiens e 8 anos no Colorado Avalanche, possui ao todo 1029 jogos pela liga, tendo como recorde 551 vitórias e 66 Shut Out, ao todo foram 60235 minutos no gelo, sofrendo em média 2,54 gols por jogo e tendo um aproveitamento de 0,910% de defesa, o que revela que em 28353 chutes disparados contra sua meta, ele conseguiu incríveis 25807 defesas. Roy esteve em atividade durante os anos de 1984-2003, obteve a incrível marca de 151 vitórias em jogos de playoffs, tendo sido eleito para o Hall da Fama no ano de 2006. Entre seus principais prêmios estão os 3 Vezina Trophy, prêmio que é dado ao melhor goleiro do ano, na National Hockey League, Roy foi premiado nos anos de 1989, 1990 e 1992, ganhou também outras 3 vezes o Conn Smith Trophy, prêmio dado ao jogador considerado MVP dos playoffs, prêmios estes recebidos nos anos de 1986, 1993 e 2001. Ganhou em 5 oportunidades o prêmio Willian M. Jennings, onde é premiado o goleiro com mais de 25 jogos na liga concedendo o menor números de gols, prêmios estes ganhos nos anos de 1987,1988,1989,1992 e 2002. Esteve presente em 11 All Stars Games da NHL foi 4 vezes campeão da Stanley Cup e teve seu número #33 retirado pelas franquias no qual atuou, ou seja, Canadiens e Avalanche. Foi Head Coach do Colorado Avalanche até o ano de 2016, onde preferiu entregar o cargo.

Dominik Hasek

hasek

Dando seguimento aos mitos in net vem o goleiro nascido na República Tcheca, Dominik Hasek, hoje com 52 anos de idade, começou sua carreira na NHL no ano de 1990 e jogou até o ano de 2008, começou a carreira jogando pelo Chicago Blackhawks, onde jogou de 1990-1992, se transferiu para o Buffalo Sabres onde permaneceu durante 9 anos, entre os anos de 1992-2001, obteve duas passagens pelo Detroit Red Wigs, totalizando 4 anos nos períodos de 2001-2004 e 2006-2008(ano no qual se retirou), e jogou durante uma temporada no Ottawa Senators na temporada de 2005-2006. Hasek teve em sua carreira na NHL 735 jogos, no qual saiu com a vitória em 389, obtendo a marca de 81 shut outs. No seu tempo de NHL esteve no gelo durante 42837 minutos, no qual sofreu em média 2,20 gols por jogo, obtendo assim 0,922% de defesas em média, isso quer dizer que dos 20220 chutes em sua direção, ele defendeu 18648 destes.

Hasek foi eleito para o Hall da Fama no ano de 2014, é o goleiro na NHL com o maior número de premiações individuais, foi eleito o rookie do ano em 1992, prêmio dado ao melhor calouro da liga, foi premiado com o Vezina Trophy em 6 oportunidades, nos anos de 1994, 1995, 1997, 1998, 1999 e 2001, foi eleito o melhor jogador da liga 2 vezes, recebendo assim o Hart Memorial Trophy nos anos de 1997 e 1998, foi eleito o melhor goleiro das Olimpiadas de Inverno no ano de 1998, em Nagamo no Japão. Ao longo de sua carreira na NHL conseguiu levar o Detroit Red Wings a conquista de 2 Stanley Cup, nos anos de 2002 e 2008. Hasek teve seu número #39 aposentado pela equipe do Buffalo Sabres. Ao todo Hasek jogou de 1980-2012 quando resolveu parar de jogar, alguns feitos que merecem destaque sobre este grande goleiro na NHL:

  • 2º goleiro com maior percentual de defesas da liga (92,2%);
  • 2º goleiro Europeu com maior número de jogos pela NHL (735);
  • 6º goleiro com maior número de Shutout (81).

Em playoffs vemos o quanto Hasek foi genial em sua função:

  • 2º goleiro com maior número de shutouts (6);
  • Em sua carreira ocupa a 3ª colocação com mais shutouts em playoffs;
  • 10º jogador com mais vitórias (61).

Depois que se retirou da NHL Hasek jogou na KHL, liga russa, e jogou até 2012 na liga de hockey da República Tcheca até o ano de 2012 quando se retirou completamente do esporte.

Martin Brodeur

Brodeur

Este é para muitos o grande goleiro, talvez por ser o melhor de sua geração e o que mais foi visto atuando no gelo, pela torcida no Brasil. O canadense Martin Brodeur jogou praticamente apenas pelo New Jersey Devils, apresenta, porém, 7 jogos pelo St. Louis Blues, onde atualmente é Assistente do General Manager. Brodeur é citado até em um episódio da série House MD, na oitava temporada oitavo episódio, mas vamos ao que interessa. Martin, hoje com 45 anos, teve um total de 1266 jogos pela NHL, com um número de 691 vitórias, apresentando incríveis 125 shutouts, tendo em média sofrido 2,24 gols por jogo, isso mostra que no total de 74439 minutos em que este no gelo, sofreu 31709 disparos contra sua meta, obtendo 28928 defesas, o que dá a média de 0,912% de defesas. Brodeur jogou pelo New Jersey Devils, no período que compreende entre 1991-2014. Na questão de prêmios Martin foi bem sucedido tanto pelo conjunto quanto pelo individual, levou sua franquia a conquista de 3 Stanley Cup (1995, 2000 e 2003), escolha geral de número 20 no draft de 1990, Brodeur foi campeão Olímpico de Inverno duas vezes pela seleção do Canada, em 2002 em Salt Lake City e em 2010 em Vancouver.

Individualmente, tem como prêmios o Calder Trouphy, troféu dado ao calouro do ano em 1994, quando ele estreou na NHL. Vencedor do Vezina Trophy em 4 oportunidades (2003,2004, 2007 e 2008), foi ainda nomeado ao prêmio outras 5 vezes, foi nomeado ao Hart Trophy em 3 oportunidades, porém nunca conseguiu levar o troféu para cara. Em sua carreira foi selecionado em 12 oportunidades para o jogo das estrelas e ainda possui em sua carreira 5 Willian M. Meninges Trophy, onde foi o goleiro a ceder menos gols nas temporadas de 1997, 1998, 2003, 2004 e 2010. Brodeur hoje assistente no Blues ainda fará parte como membro do Staff da seleção canadense nas olimpíadas de inverno em 2018. Seu número #30 foi retirado pela equipe dos Devils em 2015.

Roberto Luongo

Luongo

Para encerrar esta matéria, falaremos um pouco de um grande goleiro que ainda atua, Roberto Luongo, atualmente atuando pelo Florida Panthers, Luongo está na lista de contundidos, lista como sendo avaliado semana a semana, devido a uma lesão na virilha. O canadense de 38 anos foi recrutado pelo draft em 1997 como a 4ª escolha geral pelo New York Islanders, time pelo qual atuou apenas durante 1 temporada. Luongo passou grande parte de sua carreira jogando pelo Vancouver Canucks (8anos) e Florida Panthers (10 anos). Em sua carreira Luongo esteve presente no gelo em 56415 minutos, obtendo 459 vitórias, o que o torna o 4º goleiro na história da NHL com mais vitórias na liga. Apresenta em sua carreira uma média de 2,5 gols por jogo, dos 29075 disparos em sua meta, Roberto defendeu 26727 disparou, o que lhe rende uma média de 0,919% de defesas. Mesmo não tendo conquistado a Stanley Cup e prêmios individuais de grande magnitude, Luongo tem em sua carreira 6 aparições nos jogos das estrelas, foi o vencedor do William M. Trophy no ano de 2011, recebeu o prêmio: Mark Messier Leadership Awar, no qual o líder de sua equipe se apresenta como um grande contribuído perante a sociedade no mês de março de 2007, quando ainda atuava pelo Canucks. Foi campeão mundial em 2003 e campeão olímpico pelo canada nos anos de 2010 e 2014.

Alguns números surpreendentes do Luongo na NHL:

  • Goleiro com mais defesas em 1 temporada, 2303 defesas em 2003-2004;
  • Goleiro com maior número de chutes contra em 1 temporada, 2488, na temporada 2005-2006;
  • Maior número de chutes contra em um jogo de playoff, 76 chutes no dia 11 de abril de 2007;
  • Maior número de jogos em casa durante uma única temporada, 41 jogos (2006-2007)
  • Goleiro com maior número de vitorias em Overtime, de todos os tempos em uma única temporada, 49 vitórias na temporada 2008-2009.

Bom, aí foram alguns números de 4 míticos goleiros que fizeram e ainda fazem história na NHL, espero que tenham gostado e que possam aprender com isso um pouco mais sobre estes grandes atletas.

 

Rodrigo Silva Jr viveu uma experiência única compilando a história desses ídolos, verdadeiros paredes de gelo, especialmente para o blog Major Sports

#Sports4Life

2 respostas »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s