esporte

VEGAS: De apenas mais uma franquia à candidata aos Playoffs!

vgs

                Antes mesmo de começar a temporada 2017/2018 da National Hockey League, muitas pessoas sequer pensavam em uma provável campanha ao menos digna do Golden Knights, time formado pelo expansion draft (no qual a equipe tem o direito de escolher um jogar pertencente as outras 30 franquias da liga, estas outras equipes tinham o direito de proteger alguns de seus atletas) e no draft tradicional, onde a equipe ficou com uma boa posição de escolha, contudo, o que se via era uma franquia que poderia apresentar campanhas relativamente boas a médio-longo prazo. Seu General Manager, George McPhee, fez um excelente trabalho no Expansion Draft, forçando algumas franquias a lhe enviarem futuras escolhas de draft para que juntamente com seu front office, pudessem escolher alguns jogadores que eram dados como descartados pelas demais franquias, isso só tornava ainda mais óbvio que o trabalho em Vegas era a longo prazo, contudo eis que começa a temporada e a equipe surpreende todos com uma campanha impecável na liga, sendo líder da conferencia oeste, com 2 pontos de vantagem para o segundo colocado o Winnipeg Jets, porém possui 3 jogos a menos.

                Vegas possui como Head Coach, Gerard Gallant, que vem fazendo um trabalho excelente, tirando o melhor de cada jogador que possui em seu roster, vem trabalhando bem mesmo em momentos de grande dificuldades, como no qual a equipe teve de utilizar um SEXTO goleiro, isso mesmo, a franquia teve um momento em que seus goleiros estavam praticamente todos machucados e muitos imaginavam que o Golden Knights teriam de utilizar-se de suas picks acumuladas para buscar um goleiro, contudo Gerard soube manejar suas peças e a equipe se saiu muito bem, hoje contando com seu Starter Marc-Andre Fleury e seu backup de muita qualidade Malcolm Subban.

                O que vale destacar sobre a equipe de Vegas são os jogadores ditos como descartáveis por algumas franquias e que vem reencontrando seu alto rendimento na cidade dos pecados, alguns merecem destaques pelos seus expressivos números nos quais iremos tirar a calculadora do freezer e falar um pouco deles.

vgs1

                Começando pelo Jonathan Marchessault,  left winger que nunca se destacou muito em franquia alguma, na liga desde sua estreia na liga em 2012, seus números mais expressivos foram pelo Florida Panthers na temporada passada, no qual em 75 jogos obteve 51 pontos, sendo 22 assistências, estas que já foram superadas na atual temporada já que em 34 jogos Marchessault acumulando 22 assistências na temporada e ainda 14 gols, somados assim para 36 pontos, ou seja, em 34 jogos por Vegas ele conseguiu 33,96% de todos os pontos acumulados em sua carreira na liga, sendo que os jogos disputados nesta temporada contabilizam apenas 21,51% de seus jogos profissionais, o que demonstra o quanto ele vem evoluindo depois que chegou à equipe.

vgs2

                 O veterano James Neal parece estar se reencontrando com seus grandes jogos de quando ainda defendia a equipe do Pittsburgh Penguins, precisamente na temporada 2011-2012, no qual obteve sua melhor pontuação na liga chegando a 81 pontos. Neal estava no Nashville Predators, onde fazia apresentações nada mais do que medianas, tendo a temporada de 2015-2016 como a melhor pela franquia conseguindo 58 pontos em 82 jogos. No expansion draft, por ser um jogador caro, o Predators o enviou juntamente com futuras escolhas de draft para o Golden Knights, Neal em 37 jogos apresenta 27 pontos na liga, sendo 17 gols, dando ao mesmo uma média de 0,73 pontos por jogo, se analisarmos sua carreira, em 669 jogos na liga Neal tem uma média de 0,71 pontos por jogo, o que faz com que sua temporada esteja sendo bem produtiva pela sua nova equipe.

vgs3

                Outro veterano presente em Vegas é David Perron, este parece ter sim reencontrado o seu  melhor jogo no deserto, Perron que disputa a NHL desde a temporada de 2007-2008. Em sua carreira na liga, tem em média 50 pontos ou mais nas temporadas regulares, tanto que o Penguins mandou uma escolha de primeira rodada mais para adquiri-lo junto ao Edmonton Oilers, porém em Pittsburgh Perron não passou de uma grande decepção, não produzia o que se esperava de um jogador no qual se investiu muito. Com sua ida para Vegas, voltaram as grandes atuações que se espera de um jogador de tamanho talento. Perron em 31 jogos possui 30 pontos, quase 1 ponto por jogo, sendo que destes 21 pontos vieram por meio de assistências, para critério de comparação, em sua carreira Perron tem como média de 0,59 pontos por jogo, isso mostra o quanto Perron tem se destacado na atual franquia.

vgs4

                       Eis que chegamos ao movimento mais interessante de Vegas e seu GM no Expansion.  William Karlsson, para se desfazer do jogador, o Columbus Blue Jackets mandou 2 escolhas de draft para Vegas sendo esta 1ª rodada de 2017 e uma futura escolha de 2ª rodada. Karlsson está na liga desde a temporada 2014-2015, nunca foi um forward de grande impacto por onde passou, mas tem se tornado um jogador de grande importância, o Left Winger, possui 33 pontos na atual temporada sendo 20 gols e 13 assistências em 37 jogos, para mostrar o quanto ele tem se destacado individualmente, esta temporada Karlsson marcou 52,6% de todos os gols em sua carreira na liga, e o impressionante é que o mesmo possui 220 jogos na liga, ao se analisar a carreira possui uma média de 0,16 gols por jogo, algo assustador ao se analisar os atuais números que vem apresentando.

                 Estes são apenas alguns destaques que podem resumir um pouco da surpreendente temporada de estréia do Golden Knights na NHL, é difícil cravar o que tem ocorrido em Vegas que esteja contribuindo para sua campanha arrasadora, ou muito menos o que tem feito estes jogadores se destacarem tanto quando comparados a antigas temporadas, talvez um bom motivo seja o de se poder jogar sem grandes pressões por uma campanha vitoriósa, os atletas podem estar apenas se divertindo fazendo o que gostam, sem pesos nas costas, o que torna mais fácil de se jogar ou pode ser também um bom encaixe de esquema de jogo proposto por seu Head Coach.

                             O que sabemos é que o Vegas Golden Knights já fez história, seus jogos em casa sempre contam com lotação máxima, é uma equipe que joga limpo, apresentam um hockey que atrai olhares e prendem o telespectador. Esperamos que continuem com essa pegada em 2018 e que cheguem aos playoffs, uma surpresa seria chegarem a Stanley Cup, contudo com o que vem apresentando no gelo, não é de se duvidar que a franquia possa continuar a surpreender a todos e se tornar campeã antes mesmos dos tão badalados Blues e Capitals. Que o 2018 de Vegas continue sendo de grandes surpresas.

 

Rodrigo Silva Jr é nosso setorista de hóquei e escreve exclusivamente para o blog Major Sports.

2 respostas »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s