basquete

NBA Power Ranking – 10/01

Nada de diferente no PR da semana. Destaque para a crescente do Heat, já colando nos Wizards, e dos Blazers, se superando sem sua referência:

1 (-) Golden State Warriors (33-8)
Semana perfeita. Stephen Curry vem dando conta do recado (ainda sem Kevin Durant) e voltando a velha forma: mortal e letal na linha dos três pontos (mais detalhes em breve). Como não há concorrentes a altura, ainda mais sem Harden, o caminho está livre para mais uma vez dominar o Oeste e a liga na temporada regular.
Jogos na semana: Clippers (casa), Bucks (fora), Raptors (fora) e Cavaliers (fora)

2 (-) Boston Celtics (33-10)
Outro time que não perdeu na semana. Boston jogará em Londres na semana e mesmo com jogos a menos que os seus adversários diretos, tem contado com a sorte, já que não aproveitam. Expectativa que Al Horford volte na quinta.
Jogos na semana: 76ers (em Londres) e Pelicans (casa)

3 (-) Houston Rockets (28-11)
Sem James Harden, os Rockets perdem muito do seu poderio ofensivo. Em compensação, outros nomes surgem e ganham espaço e notoriedade. Gerald Green é um desses casos. Após a lesão do Barba, Green tem sido fundamental (média de 17.3 pontos nos 7 jogos que disputou – todos vindo do banco) tanto que garantiu um contrato até o fim da temporada. Parabéns ao camisa #14.
Jogos na semana: Trail Blazers (casa), Suns (fora) e Clippers (fora)

usa_today_10518845.0

4 (-) Toronto Raptors (28-11) A ascensão de Delon Wright é para se comemorar. Os canadenses podem olhar para o banco e ter uma opção confiável vinda de lá. Não fosse o vacilo contra Miami, a semana dos Raptors também teria sido impecável.
Jogos na semana: Cavaliers (casa), Warriors (casa) e 76ers (fora)

5 (-) San Antonio Spurs (28-14)
Mais uma vez vai ter que conviver sem Kawhi Leonard, que lesionou o ombro. O departamento médico de SA tem sido bem requisitado. Ao todo, são quatro jogadores por lá (Leonard, Gay, Danny Green e Parker). Os texanos vão contornando conforme o possível. Chegar com todos saudáveis nos playoffs é o principal.
Jogos da semana: Lakers (fora), Nuggets (casa) e Hawks (fora)

6 (-) Cleveland Cavaliers (26-14)
O que Cleveland apanhou nessa semana, não se via desde a volta de LeBron James a Ohio. Contra Celtics e Timberwolves, o time não viu a cor da bola. Batata de Tyronn Lue volta a ser assada. Jogos na semana: Raptors (fora), Pacers (fora) e Warriors (casa)

7 (-) Minnesota Timberwolves (26-16)
O mesmo time que passa o trator no Cavaliers é o mesmo que consegue perder para os Nets. O time tem adotado muito a tática de Tom Thibodeau: ganha as difíceis e faz das fáceis um jogo 7. A melhora defensiva é algo a ser dito aqui (#13 – 105.0 ppg).
Jogos na semana: Thunder (casa), Knicks (casa), Trail Blazers (casa) e Magic (fora)

8 (+1) Washington Wizards (23-17)
Com todo mundo: vitórias. Sem Otto Porter Jr: derrota. É incrível como a ausência de uma peça faz diferença em Washington. Com a volta do ala e uma semana caseira, os Wizards podem emendar uma ótima sequência positiva.
Jogos da semana (todos em casa): Jazz, Magic, Nets e Bucks

9 (+4) Miami Heat (23-17) A sensação do momento. Miami fez uma semana só ganhando, o que coloca o time em condição de briga por mando de quadra! Muitas dessas vitórias com requintes de emoção e heróis improváveis, como Wayne Ellington. Ótima fase do time do sul da Flórida.
Jogos na semana: Pacers (fora), Bucks (casa) e Bulls (fora)

10 (+5) Portland Trail Blazers (22-18)
Outro emergente. Ainda sem Damian Lillard, os Blazers não se intimidaram e também fecham a semana com 3-0. Shabazz Napier tem segurado muito bem a bronca, mostrando ser uma ótima peça para ajudar vindo do banco. Quando Lillard voltar, o ataque de Portland tem tudo a crescer junto.
Jogos na semana: Rockets (fora), Pelicans (fora), Timberwolves (fora) e Suns (casa)

BLAZERS

11 (-1) Milwaukee Bucks (21-18)
Milwaukee “não sai do lugar” desde o fim de dezembro. A margem acima do 50% segue a mesma há seis jogos. O time não consegue uma sequência de duas vitórias. E quando perde, a porrada tem sido pesada. Sua defesa, se for falar a cada 100 posses (#25 – 110.6 ppg), está caótica.
Jogos na semana: Magic (casa), Warriors (casa), Heat (fora) e Wizards (fora)

12 (-4) Detroit Pistons (21-18) A única vitória na semana foi contra Houston (sem Harden). No mais, foi traulitada atrás de traulitada (exceto NOLA). É possível recuperar por não ter uma tabela tão complicada, mas pelo que jogou fica difícil afirmar se é bom negócio. Jogos na semana: Nets (fora), Bulls (fora) e Hornets (casa)

13 (-2) Oklahoma City Thunder (22-19) Vence duas e perde as mesmas duas (e uma para o Suns), matando qualquer esperança de afirmação. O trio montado tem jeito não mantém uma regularidade, em alguns momentos voltando aos tempos de Westbrook contra a rapa. Ou dá um jeito ou será mais um ano a ver navios. Jogos na semana: Timberwolves (fora), Hornets (fora) e Kings (casa)

14 (-2) Denver Nuggets (21-19) A exceção dos Kings, semana dentro dos conformes para Denver. A briga pelos playoffs segue sendo a prioridade, e o ressurgimento dos Clippers pode colocar ainda mais tempero nas últimas vagas. Jogos na semana: Hawks (casa), Grizzlies (casa), Spurs (fora) e Mavericks (casa)

15 (-1) Indiana Pacers (21-19) A volta de Oladipo foi muito comemorada. Mas perder em sequência Sabonis e Myles Turner foi um golpe duro. Mesmo assim, venceu seus jogos com certa folga. Se existisse um MIP por equipes, Indiana era forte candidata a vencer. Jogos na semana: Heat (casa), Cavaliers (casa), Suns (fora) e Jazz (fora)

Fechando o ranking

16 (-) New Orleans Pelicans (20-19)
Também entra no bolo por uma das últimas vagas. Briga promete ser bem insana!

17 (+1) Philadelphia 76ers (19-19) O que esse time fará em terras inglesas?

18 (-1) New York Knicks (19-21)
Como Michael Beasley faz falta…

19 (-) Los Angeles Clippers (18-21) Ainda está para existir alguém azarado quanto Blake Griffin

20 (-) Utah Jazz (16-24) E estão de olho em Nikola Mirotic para melhorar o ataque

21 (+1) Charlotte Hornets (15-23) Esse time depende de um milagre

22 (-1) Phoenix Suns (16-26)
Garotada aos poucos ganhando confiança

SUNS

23 (-) Brooklyn Nets (15-25) Cada vez mais perto a volta de D’Lo para alegria dos viciados em Fantasy

24 (-) Chicago Bulls (14-27) LaVine vai voltar! E não é Clickbait ou Fake News!

25 (-) Dallas Mavericks (14-28) Aos poucos, Doncic vai se tornando um sonho um pouco mais complicado

26 (-) Sacramento Kings (13-27) De bom, apenas a boa temporada de Cauley-Stein

27 (+2) Los Angeles Lakers (13-27) “Essa é a dança do desempregado”… E o que pode acontecer se a pressão continuar

28 (-) Orlando Magic (12-29) Na corrida por um talento do Draft

29 (-2) Memphis Grizzlies (12-27) A culpa era mesmo do Fizdale?

30 (-) Atlanta Hawks (10-30) #VemAyton

 

 

 

Categorias:basquete, esporte, nba, sports

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s