basquete

NBA Power Ranking – 25/01

lebronha

PR recheado de quedas, brigas internas e mudança nas primeiras posições (menos na liderança). O que irá mudar nas equipes que passam por pequenas “crises”, só o tempo dirá.

1 (-) Golden State Warriors (38-10)
A perda de Jordan Bell (torção no tornozelo – será reavaliado só no início de fevereiro) faz com que GS tenha muitos problemas no garrafão, seja em rebotes ou defesa. Tanto que surgem rumores envolvendo Kyle O’Quinn, dos Knicks, para ser o novo reforço dos Warriors. Com a trade deadline se aproximando (fecha dia 8/2), notícias assim aparecerão aos montes.
Jogos na semana (todos em casa): Timberwolves e Celtics

2 (+1) Houston Rockets (33-12)
Quando um princípio de turbulência estava sendo instalado em Houston, James Harden apareceu e ajudou a colocar ordem na casa (menção justa a Eric Gordon também). Três vitórias seguidas desde a sua volta (incluindo uma sobre GS). A ausência de Green e Ariza nem foi tão sentida.
Jogos na semana: Mavericks (fora), Pelicans (fora) e Suns (casa)

3 (-1) Boston Celtics (34-14)
Sinal amarelo ligado no time Celta: são quatro derrotas seguidas (deixou as vitórias em Londres). A folga é boa para os Raptors, mas a sorte nem sempre estará acompanhando. O que era tranquilo, pode virar uma dor de cabeça fora de época.
Jogos na semana (todos fora): Clippers, Warriors e Nuggets

4 (-) Toronto Raptors (31-14) Fez uma boa semana, apesar da queda contra os Wolves (sem Jimmy Butler, diga-se). Toronto chegou aos 30 vitórias e é apenas o segundo time no Leste a alcançar a marca na temporada. Só uma tragédia tira os Raptors do top-4 da conferência.
Jogos na semana: Hawks (fora), Jazz (casa) e Lakers (casa)

5 (+1) Minnesota Timberwolves (31-18)
As coisas estão dando tão certo para Minnesota que mesmo sem o seu principal jogador na temporada fora desde sábado, tem ganhado seus jogos (contra Raptors e Clippers). Até Andrew Wiggins, tão criticado no começo do campeonato, tem mostrado seu valor nos dois lados da quadra (isso mesmo – até na defesa ele vem contribuindo). Se a parte física deixar, Minnesota vai chegar longe.
Jogos da semana: Trail Blazers (fora), Warriors (fora), Nets (casa) e Hawks (fora)

6 (-1) San Antonio Spurs (31-18)
Não bastasse os altos e baixos na temporada como um todo, sai nas manchetes que Kawhi Leonard estaria “de saco cheio” da franquia texana não trazer outras grandes estrelas da NBA para jogar ao seu lado e por isso estaria fazendo “corpo mole”. Historicamente, SA nunca precisou recorrer a FA para montar seus times e a receita tem dado certo desde 1997, quando chegou um tal de Tim Duncan no Draft daquele ano. Com a cultura dos super-times cada vez mais forte na liga, não seria surpresa Kawhi se juntar a alguma dessas equipes. É hora de Greg Popovich agir. Jogos na semana: Grizzlies (fora), 76ers (casa) e Kings (casa)

7 (-) Cleveland Cavaliers (27-19)
A última vitória dos Cavaliers foi apertada (contra o Magic!) e depois disso, as saraivadas que tem virado rotina no time de LeBron James. Para o King, a semana não foi ruim já que alcançou a marca dos 30.000 pontos na carreira (mais jovem a conseguir) e é o único na história da NBA com 30.000 pontos, 7.000 rebotes e 7.000 assistências na carreira. Ele está fazendo a sua parte e se não levar o MVP será muita injustiça. Agora, se esse Cavs não tivesse o camisa #23…
Jogos na semana (todos em casa): Pacers e Pistons

8 (+2) Oklahoma City Thunder (27-20)
O trio está mostrando (com um pouco de atraso) ao que veio nessa temporada. O que OKC fez em Cleveland foi fora de contexto. Só nesse jogo foram mais bolas de três (14) do que erros (13) no jogo. E também foi a maior pontuação de uma equipe na temporada (148). São cinco vitórias seguidas para Westbrook e cia.
Jogos da semana: Wizards (casa), Pistons (fora) e 76ers (casa)

OKC

9 (-1) Miami Heat (27-20) Depois da queda, o time ainda se mantém entre os melhores do Leste. Mas agora, terá que conviver momentaneamente sem seus dois principais armadores: Dragic e Tyler Johnson. Spoelstra vai ter que tirar leite de pedra.
Jogos na semana: Kings (casa), Hornets (casa) e Mavericks (fora)

10 (-1) Washington Wizards (26-21)
Dessa vez Washington teve todo mundo a disposição, mas fez uma semana muito ruim. Caiu para times que não aspiram playoff (uma delas de forma vexatória para Dallas) e só não caiu mais na tabela pois a distância para quem vinha atrás era boa. Com a turma no encalço, vai ter que apresentar alguma coisa bem melhor do que isso.
Jogos na semana (todos fora): Thunder e Hawks

11 (+1) New Orleans Pelicans (25-21)
Os Pelicans conseguiram a façanha de perder para Atlanta, mas se recuperou e bateu em outros que não aspiram nada que não seja o Draft (Grizzlies e Bulls). Inclusive contra Chicago, DeMarcus Cousins fez história com seus números (44 pts, 24 reb, 10 ast, 4 stls e 1 blk) repetindo o que fez o saudoso Wilt Chamberlain nos anos 60. Os times que jogou podem não tê-lo ajudado, mas Boogie tem muita qualidade.
Jogos na semana: Hornets (fora), Rockets (casa) e Clippers (casa)

pelicans

12 (+3) Portland Trail Blazers (25-22) O time do sempre underrated Damian Lillard subiu na última semana. Fora a derrota contra Denver, os demais venceu normalmente. A não ida de Lillard ao All-Star Game, a falta de consideração com o mesmo quando Lauri chegou a 100 cestas de 3 em menos jogos no ano de calouro (41) e nem mostrar o detentor da antiga marca, que é o próprio Dame, na linha do tempo… Assim fica difícil, NBA! – Jogos na semana: Timberwolves (casa) e Mavericks (casa)

13 (-1) Indiana Pacers (25-22) A ida a costa oeste não terminou como se esperava. Foi 3-2, sendo uma das derrotas para a equipe dos Lakers. Indiana segue fazendo sua temporada na sua e com boa parte das surpresas perdendo força, os Pacers podem chegar aos playoffs. Esse é um time que não será apenas uma simples surpresa. Jogos na semana: Suns (casa), Cavaliers (fora), Magic (casa) e Hornets (casa)

14 (-1) Milwaukee Bucks (24-22) Nova era em Milwaukee. Após três temporadas e meia a frente dos Bucks, Jason Kidd foi demitido na última segunda-feira por não atingir a evolução que se esperava na equipe de Wisconsin. Segundo os repórteres, Jabari Parker e ele não se falavam mais. Antetokounmpo, que se tornou o que é graças ao ex-armador, não teria gostado da decisão do clube por gostar do trabalho de Kidd. Sem ele, pode-se dizer que o time está invicto, mas só no futuro saberemos se foi acertaram na escolha ou não. Jogos na semana: Nets (casa), Bulls (fora) e 76ers (casa)

kidd

15 (+3) Philadelphia 76ers (22-21) Os Sixers voltam a aparecer no top-15. Ao contrário de Boston, deixou as derrotas em Londres (mas voltou a encontrá-las faz pouco tempo diante do Memphis). O time está mostrando que sim, pode jogar sem JJ Redick, que está com um edema no osso e atua desde o dia 18. Além de Redick, são mais seis no estaleiro. Haja trabalho para o DM de Philadelphia. Jogos na semana: Bulls (casa), Thunder (fora), Spurs (fora) e Bucks (fora)

Fechando o ranking

16 (-) Denver Nuggets (24-23) Estagnou, o que é um problema

 

17 (-) Los Angeles Clippers (23-23) Lou Williams com 10 roubos de bola em um jogo! Onde está o seu Deus?

18 (-4) Detroit Pistons (22-23) #SddsVitórias

19 (-) New York Knicks (21-27) Demorou a entrar no projeto Draft 2018

20 (-) Charlotte Hornets (19-26) Kemba disponível para trocas

21 (-) Utah Jazz (19-28) Mitchell fora do All-Star Game? “Tá serto”

22 (+3) Los Angeles Lakers (18-29) Ganhando até clássico a garotada #Empolgou

23 (-1) Chicago Bulls (18-29) E querem dar chance para Cameron Payne (ainda dá tempo de tentar a sorte no basquete?)

24 (-1) Brooklyn Nets (18-30) D’Lo ou Dinwiddie?

25 (+2) Memphis Grizzlies (17-29) Mais vitórias do que derrotas em 2018!

26 (-2) Phoenix Suns (17-30) Empolgação chegando no fim

27 (-1) Dallas Mavericks (16-31) Pode dar o comando do time pro menino Smith Jr

28 (+2) Atlanta Hawks (14-32) Isso explica as tempestades em São Paulo

29 (-1) Sacramento Kings (14-33) Só está a frente porque ganhou

30 (-1) Orlando Magic (14-33) Como ir do céu ao inferno em três meses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s