basketball

NBA – Power Ranking #R∃V∃RSO

Final de janeiro e mais um PR para a conta. Hoje, é a oportunidade daqueles que estão firmes e fortes na briga pelas promessas do Draft de 2018. Trae Young, Luka Doncic, DeAndre Ayton e cia no aguardo para descobrir onde começarão sua caminhada na NBA. Partiu PR:

VUCEVIC

30 (-) Orlando Magic (14-35) A temporada vai minguando aos poucos. A fase é tão ruim que, nos últimos dois meses, foram apenas 5 vitórias em 27 jogos. Isso para um time que havia começado 6-1 o campeonato. A impressão que fica é que a volta de Vucevic interessa mais para o Fantasy do que para o próprio time. Imagina se perde o Aaron Gordon… Jogos na semana: Lakers (casa), Wizards (casa) e Heat (fora)

29 (-1) Atlanta Hawks (15-35) Janeiro tem sido bom para Atlanta. A molecada conseguiu bater em equipes como Spurs, Wolves, Nuggets, Pelicans… Times que almejam pós-temporada (e no “Oeste selvagem”). No papel, o núcleo não é ruim, mas até chegar em um nível competitivo vai demorar.
Jogos na semana: Hornets (casa), Celtics (fora) e Knicks (fora)

28 (-1) Dallas Mavericks (16-35) Desde que bateu os Wizards, Dallas perdeu quatro em sequência e voltou para a lanterna do Oeste. Só Dennis Smith Jr e Harrison Barnes não levarão esse time muito longe. A reconstrução está no caminho certo, mas um pouco longe de acabar.
Jogos na semana (todos fora): Suns, Kings e Clippers

 27 (+2) Sacramento Kings (16-34) Outro time que gosta de umas graças de vez em quando, mas que ainda não tem uma cara. Dave Joerger ainda busca por um padrão na Califórnia, já que vem alterando muito a rotação por lá. Mesmo com jogadores que podem ajudar, os Kings também vão perdendo para as lesões. A destacar os jovens Willie Cauley-Stein, Buddy Hield e Bogdan Bogdanovic, que estão fazendo boas temporadas até aqui.
Jogos na semana (todos em casa): Warriors, Mavericks e Bulls

26 (-) Phoenix Suns (17-34) Devin Booker foi ignorado para o All-Star Game (se jogasse em um time mais famoso e que tivesse a mesma campanha, seria ao menos lembrado). É certo que o Suns está uma draga (apenas 3 vitórias em janeiro) e, aproveitando o embalo para falar de reconstrução, essa é a que mais irá demorar. Falta alguém com mentalidade competente para botar o time nos trilhos.
Jogos da semana (todos em casa): Mavericks, Jazz e Hornets

25 (-1) Brooklyn Nets (18-33) A volta de D’Angelo Russell não está sendo como o esperado (6.4 pontos com menos de 30% de acerto nos chutes de quadra). Desde a derrota contra o Thunder, onde caiu na última bola, o time tem apanhado em uma média de 18.3 pontos de diferença nos três jogos seguintes. Ainda há tempo de mostrar um melhor trabalho.
Jogos na semana (todos em casa): 76ers, Lakers e Bucks

24 (-1) Chicago Bulls (18-32) 1-5 após a concussão de Kris Dunn. Nikola Mirotic esteve por meia-hora trocado com os Pelicans, mas desistiu de ir para NOLA. Esse é o Bulls dos últimos 14 dias. O time tem mostrado leve evolução ofensiva, mas ainda segue mal defensivamente. Só o finlandês salva. Autakka, Markkanen!
Jogos na semana (todos fora): Trail Blazers, Clippers e Kings

23 (+2) Memphis Grizzlies (18-31) Memphis é, ao lado do Kings, as únicas equipes que tem o ataque com menos de 100 pontos por jogo na temporada (99.8). O que surpreende é sua defesa, apesar dos pesares, aparecer em 6º dentre as que sofrem menos pontos (102.5). Grizz tem, além de 2 times de quadra no DM (10 jogadores), campanha não negativa em janeiro (6-6). Uma evolução que ninguém acreditava. Se vai manter, é outra história.
Jogos da semana (todos fora): Pacers, Pistons e Raptors

22 (-) Los Angeles Lakers (19-30) Oito vitórias nos últimos onze jogos. LA vem em um ótimo momento (e sem Lonzo Ball, que deve ficar mais tempo fora com uma lesão no joelho). Para playoff é muito difícil, a não ser que tenha uma daquelas arrancadas históricas. Nos conformes, é time para 2018-19 em diante.
Jogos na semana (todos fora): Magic, Nets e Thunder

21 (-1) Charlotte Hornets (20-29) O conjunto dos Hornets, que prometia ser competitivo, está perto de uma mudança. O homem falou que “Kemba Walker só sai por um All-Star”. Bom, é difícil achar alguém disposto a negociar um jogador de alto calibre em Kemba Walker (não menosprezando o jogador, mais pelo mercado), mas depois de Blake Griffin não duvide de mais nada.
Jogos na semana: Hawks (fora), Pacers (casa), Suns (fora) e Nuggets (fora)

GOBERT

20 (+1) Utah Jazz (22-28) A volta de Rudy Gobert (14.5 pontos, 10 rebotes e 2.7 tocos de média desde 18/1) vem dado a consistência que Utah precisa, principalmente defensiva. Foram cinco jogos com o francês e quatro vitórias (a última bem expressiva contra os Warriors – 30 pontos de diferença). Pode incomodar bastante na segunda metade da temporada.
Jogos na semana (todos fora): Suns, Spurs e Pelicans

19 (-) New York Knicks (23-28) Três vitórias nos últimos seis jogos e cinco no mês inteiro. A temporada do Knicks tem grandes chances de ter afundado em janeiro. Como se não bastasse o time em momento ruim dentro de quadra, Joakim Noah discutiu com Jeff Hornacek e, alegando problemas pessoais, não joga desde o dia 25. O pivô está resistente em assinar o buyout e com seu contrato mais tempo de jogo (impressionantes R$ 452 mil por ponto), NY se vê em um grande problema. Jogos na semana: Celtics (fora), Bucks (fora) e Hawks (casa)

18 (-) Detroit Pistons (23-26) O time a ser falado na semana. Em uma troca que ninguém esperava, trouxe o principal jogador dos Clippers, Blake Griffin, junto com Brice Johnson e Willie Reed. A tendência é que o novo reforço chega para assumir o comando do time em quadra. Vale lembrar que em 2017-18, Griffin assumia as rédeas no ataque dos Clips e em Detroit não será diferente, ainda mais sem Reggie Jackson e com Ish Smith abaixo da crítica. O momento é tão bom que até as oito derrotas seguidas ficaram no passado. Jogos na semana (todos em casa): Grizzlies, Heat e Trail Blazers

GRIFFIN

17 (-) Los Angeles Clippers (25-25) Começou a debandada? Se Griffin foi trocado, as chances são altas (DAJ é o próximo da lista). Chegaram para LA Tobias Harris, Avery Bradley, Boban Marjanovic, uma escolha de primeira rodada (protegida até 2020) e uma de segunda rodada do próximo Draft. Teodosic, agora sem o ala-pivô, terá mais holofotes para mostrar seu jogo. Jogos na semana (todos em casa): Bulls e Mavericks

16 (-) Denver Nuggets (26-25) O time batalha e se mantém firme na zona de classificação para jogar na segunda quinzena de abril. Mason Plumlee se lesionou é uma baixa considerável, já que vinha de uma boa sequência ao lado de Nikola Jokic. A briga será feroz. Jogos na semana (todos em casa): Thunder, Warriors e Hornets

Fechando o ranking

15 (-) Philadelphia 76ers (24-23) Você será All-Star, Ben Simmons. Mas não em 2018

14 (-3) New Orleans Pelicans (27-23) Impressiona o tamanho da zica na terra do jazz

13 (-) Indiana Pacers (28-23) “Oi, sumido!” (Westbrook para Oladipo após estarem no mesmo time do ASG)

12 (+2) Milwaukee Bucks (27-22) E o problema era mesmo o Jason Kidd. Até o Parker vai jogar

11 (+1) Portland Trail Blazers (28-22) 6-1 nos últimos 7 jogos. Crescida na hora certa

10 (-) Washington Wizards (28-22) Sem John Wall. Agora é que o bicho pega!

9 (-) Miami Heat (29-21) Procuram-se os haters de Erik Spoelstra

SPOLSTRA

 8 (-) Oklahoma City Thunder (30-21) Um simples ajuste e voilá: 8-1 nos últimos 9 jogos (mas sem o Roberson, vai ser duro)

7 (-) Cleveland Cavaliers (29-20) É melhor você se benzer, LeBron

6 (-1) Minnesota Timberwolves (32-22) Ganhar dos Cavaliers é fácil. Agora dos Hawks…

5 (+1) San Antonio Spurs (34-19) Menino Murray mostrando muita qualidade

4 (-) Toronto Raptors (34-15) Fred VanVleet para presidente do Canadá!

3 (-) Boston Celtics (36-15) Menos, Jaylen Brown…

2 (-) Houston Rockets (36-13) Harden com um triplo-duplo de 60 pontos? Você é o bichão mesmo, doido!

1 (-) Golden State Warriors (40-11) Ganha: tudo as mil maravilhas. Perde: pistola para os quatro ventos. Steve Kerr aprendeu direitinho

 

Vitor @chaveatle Silva, escreve os power rankings de NBA e NHL semanalmente para o blog Major Sports

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s