esporte

Crônica – América RJ – Tradição que sobrevive pelo amor.

america-rj-escudo-logo

Trem de Japeri, sentido Central do Brasil , completamente lotado naquela tarde de Fevereiro. Lotado de gente indo para o Rio brincar nos blocos, camelôs com os isopores lotados de cerveja esperando fazer dinheiro com o imenso calor da baixada e até um grupo de evangélicos pentecostais que ensaiavam os cantos da igreja.

Mas na estação de Edson Passos , só desceram Eu (Vascaíno, diga-se, mas com imenso carinho pelo clube) e meu Pai, este rubro desde sempre, rumo ao estádio Giulite Coutinho, para ver o América cumprir mais um jogo desta eterna quaresma em que o time se meteu nos últimos anos.

Era jogo válido pelo famigerado Grupo X do Campeonato Carioca, o grupo dos 4 piores colocados na fase de classificação do campeonato carioca, que jogam entre si em jogo de ida e volta, para decidir os dois que permancem na Primeira Divisão de 2019. Primeira divisão que com muito custo, num campeonato que parecia uma eterna procissão pelo subúrbio e interior do Estado do Rio, levou o América de volta a “série A” depois de dois anos. Só que a alegria do torcedor Americano durou menos tempo que o picolé de cajá chupado nas arquibancadas de concreto do Giulite num calor de 38 graus. Classificado em Setembro de 2017 e com pouco tempo e dinheiro para montar um time competitivo para disputar a seletiva em Janeiro (uma espécie de pre-libertadores do Campeonato Carioca), o clube acabou tendo uma campanha muito ruim, que tirou do torcedor americano o direito de ver seu time jogando contra os 4 grandes do Campeonato Carioca mais uma vez.

vox16

Difícil é saber ao certo o que levou o América a esta posição, mas o fato é que depois de um 1986 brilhante e uma terceira colocação no Campeonato Brasileiro, e de ter a porta fechada nos Clube do 13, perdeu força política, dinheiro e injustamente foi afastado da primeira divisão, tendo que disputar o módulo amarelo da discutida “Copa União de 1987”. De lá pra cá muita coisa (ruim) aconteceu, e os culpados são diversos segundo seus torcedores: Perseguição política pelas críticas do ex-presidente Giulite Coutinho à Ricardo Teixeira eleito em 1989, a venda de Campos Sales e perda do vínculo com a Tijuca e até mesmo a Natureza tem sua parcela de culpa, como disse um Senhor durante o intervalo no Bar, amaldiçoando o vento por ter destelhado o estádio numa chuva de verão.

Mas estes torcedores fiéis, que as vezes não passam de 200 nas arquibancadas como neste dia, e que tem dificuldade pra identificar um elenco basicamente formado por trabalhadores da bola, que cruzam do sul ao norte, jogando por salários que passam longe dos valores milhonários dos grandes clubes, acreditam que com organização e ajuda dos grandes Americanos, o clube consiga voltar a ter um campanha como em 2006, quando com o apoio do Romário e ajuda de alguns empresários, montou um time que chegou final da Taça Guanabara daquele ano.

Mas por enquanto, a realidade continua sendo a briga pela permanência na primeira divisão do carioca. E o time que agora é segundo no Grupo X, vai precisar buscar a classificação nos dois jogos foras de casa contra Goytacaz e Bonsucesso.

America-Rio-Campeonato-Carioca-2018

Um dia esta quaresma acaba! Mas enquanto isto não acontece, celebramos o fato do América existir, persistir e resistir. E nós continuamos encarando nos finais de semana, o trem rumo a Edson Passos, lotado de gente indo aos blocos, de camelôs, de evangélicos…

Sávio Guadalupe (@sguadalupe) contribuiu com esse preview exclusivo sobre o querido América para o Major Sports Blog.

#Sports4Life

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s