baseball

Notícias da Japolândia – Preview da temporada 2018 da NPB

Olá leitores do Major Sports Blog, vamos falar sobre a temporada 2018 da Nippon Professional Baseball !!!
NPB_logoA pré-temporada iniciada em fevereiro e que se encerra neste final de semana (25/Março), contou no inicio do mês de março com uma série amistosa entre os Samurai Japan e o time Austrália, a ENEOS Samurai Japan Series 2018.
Com atuações consistentes o time nipônico venceu os dois jogos da série em Nagoya (2 a 0) e em Tokyo (6 a 0), onde contou com quase o mesmo time que venceu o Asia Professional Baseball 2017, mantendo a invencibilidade do técnico Atsunori Inaba (MVP da primeira conquista do NipponHam Fighters na Nippon Series em 2006) a frente da seleção, deixando uma ótima impressão para os jogos olímpicos de 2020 e principalmente para o início da temporada 2018.

O calendário da NPB está agendado e organizado da seguinte forma:

  • Opening Day para as duas ligas – 30 de Março
  • Jogos Interligas – de 29 de Maio a 17 de Junho
  • All Star Games:
    • 12 de Julho – Local: Hirosaki – Fresh All Star Game
    • 13 de Julho – Local: Kyocera Dome Osaka – All Star Game 1
    • 14 de Julho – Local: Kumamoto – All Star Game 2
  • Climax Series *
    • Liga Central
      • Primeira fase – 13 de Outubro
      • Final – 17 de Outubro
    • Liga Pacífico
      • Primeira fase – TBD
      • Final – TBD
  • Nippon Series
    • Game 1 – 27 de Outubro

(*Para quem nunca acompanhou o Baseball japonês, talvez não conheça a Climax Series. É uma espécie de Playoffs da NPB, onde se classificam os 3 melhores times de cada liga. Foi introduzido em 2007, pois, até então a Nippon Series era um confronto dos campeões  de cada liga se enfrentando em 7 jogos. A regra de classificação é um tanto peculiar: na primeira fase o segundo e o terceiro colocados de cada liga se enfrentam em uma série de 3 jogos, o vencedor enfrenta o melhor time da temporada regular na final, em uma série de 6 jogos… mas o campeão da liga começa o confronto com “1 a 0” de vantagem na série. Os campeões desta fase final se enfrentam na Nippon Series)

Por isso prepare-se, pois, vem ai muito baseball da terra do imperador!

Mas como os times estão preparados para essa temporada? Preparamos um Power Ranking de cada liga, apontando quem são os candidatos a chegar à Climax Series, à Nippon Series e ao título!

Power Ranking Liga Central
Captura de Tela 2018-03-22 às 23.28.47

#1 – Hiroshima Toyo Carp

Carps Jersey
O atual campeão da Liga Central, que amarga um jejum de 33 anos sem vencer a Nippon Series e bateu na trave nas duas últimas temporadas chegando em primeiro na Climax Series em ambas as temporadas e jogando a Final em 2016, manteve a base e ainda renovou o contrato do seu principal Reliever: Jay Jackson. O time deve brigar na parte de cima da tabela e é barbada para uma vaga na Climax Series.
Conta com os astros Ryosuke Kikuchi (IF), Brad Eldred (IF), Alejandro Mejia (IF), Seyia Suzuki (OF) e Kosuke Tanaka (IF) para levar o time outra vez à Nippon Series

 

#2 – Hanshin Tigers

Hanshin Jersey
O Hanshin não teve um início de temporada empolgante em 2017, mas ganhou força a partir da segunda metade da temporada quando encostou no líder Carp e conquistou a  segunda vaga na Climax Series, deixando o rival Giants para trás. Infelizmente o time sucumbiu para o bom time do Yokohama BayStars na primeira rodada da Climax Series, aumentando o jejum de títulos para 32 anos alimentando ainda a “maldição do general” pelos lados de Kansai.
Para os fans dos Tigers alguns alentos: o time se reforçou bem com a aquisição de peças estratégicas como o Slugger Wilin Rosario (Catcher ex-Colorado Rockies) e a recente aquisição do Reliever Yosuke Okamoto em uma troca de arremessadores com o Seibu Lions, enviando o também Reliever Daiki Enokida para Saitama. Enokida atuou em somente 3 partidas em 2017.
Outra boa notícia foi a manutenção do “Hall of Famer” Tomoaki Kanemoto no comando do time por mais uma temporada. Ele já conseguiu levar o time de volta a Climax Series no ano passado.
O time tem muitas esperanças de uma temporada excelente do Ace Shintaro Fujinami (P), mas também confia nos seus astros: Takashi Toritani (IF), Kosuke Fukudome (OF), Wilin Rosario (C) e Takeshi Nishioka (IF) nessa temporada.

 

#3 – Tokyo Yomiuri Giants

Giants Jersey
Os “Kyôjin” sempre entram fortes nos campeonatos. Mesmo o fato de amargar um jejum de 5 anos sem título e a 4 sem disputar a Nippon Series, o time ainda é muito forte.
O maior campeão da Nippon Series (22 títulos) ajustou bastante o seu elenco trazendo muitos jogadores, principalmente muitos braços poderosos para o Bullpen como o recém “readmitido” Koji Uehara que depois de algumas temporadas pela MLB e um título com os RedSox retornou ao time que o revelou para a MLB. Chegaram ainda os arremessadores Taylor Jungmann ex-Brewers e o free-agent, all-star e ex-Lions, Ryoma Nogami.
Além deles, o time ainda incorporou o slugger Alex Guerrero, ex-Chunichi Dragons, que foi o maior batedor de HR da última temporada.
Dos Gigantes de Tokyo sempre dá pra esperar grandes jogos. Destaques para: Koji Uehara (P), Seiji Kobayashi (C), Casey MacGee (IF) e Alex Guerrero (OF).

 

#4 – Yokohama DeNA BayStars

Yokohama Jersey
O surpreendente time de Yokohama que foi de último classificado para a Climax Series a finalista, mais uma vez aparece com força para esta temporada. Brigará cabeça a cabeça com o trio já citado acima por uma vaga na Climax Series.
Para isso, se reforçou muito, ouso dizer que foi o time que mais se reforçou neste periodo de pré-temporada. Chegaram: Neftali Soto (IF) ex-Cincinnati Reds, Edison Barrios (P) e Yamato Maeda (IF) ex-Hanshin Tigers. Além deles, o time da Baía de Yokohama ainda manteve os seus dois aces: Jon Wieland e Spencer Patton e o seu slugger Yoshitomo Tsutsugo. Vem forte pra mais uma temporada.

 

#5 – Tokyo Yakult Swallows

Swallows Jersey_2
O outro time de Tokyo não tem uma perspectiva muito boa para a temporada. O time que terminou como lanterna da Liga Central começou bem o torneio, chegou a vencer 2 jogos no Koshien, na série contra o Hanshin, no começo da temporada mas perdeu a mão e o foco.
Chegaram alguns reforços interessantes, mas que não devem agregar muito no resultado final: Norichika Aoki (OF) ex-NY Mets, Matt Carasitti (P) ex-Cubs, Norberto Armengot (P) ex-Chunichi Dragons e Dave Huff (P) ex-LG Twins.
A esperança é a de que Aoki volte a realizar as performances que o levaram à MLB e que o All-Star Tetsuto Yamada volte à velha forma e leve o time à Climax Series. Acho pouco para o time que é o 4.o maior vencedor do Japão.

 

#6 – Chunichi Dragons

Dragons Jersey
Confesso que não sei o que esperar dos Dragons para 2018. O time se reforçou mal e perdeu bons jogadores, como o astro Alex Guerrero que partiu rumo a Tokyo para jogar nos Giants. O retrato da força desse time foi o fato de Ichiro Suzuki desistir de retornar ao Japão para jogar nos Dragons e permanecer em Seattle para encerrar a sua carreira profissional.
O grande destaque do time foi a contratação do Ex-RedSox Daisuke Matsuzaka, isso mesmo! Após ser campeão da Nippon Series com o Fukuoka SoftBank Hawks em 2017, o ex-astro da MLB foi dispensado e teve que passar por um try-out na pré-temporada para então ser incorporado ao time de Nagoya.
Não acredito que o Dragons brigue na parte de cima da tabela e se conseguir beliscar uma vaga na Climax Series, já será algo a comemorar.

 

Power Ranking Liga Pacífico
Captura de Tela 2018-03-22 às 23.29.27

#1 – Fukuoka SoftBank Hawks

hawks Jersey
O atual campeão Japonês, aliás o time que venceu 3 das últimas 4 Nippon Series, é o “favoritáço” (sic) para mais um caneco da NPB. Nem mesmo a perda de algumas peças importantes como o arremessador Daisuke Matsuzaka fez o time perder força. Um dos maiores reforços foi a renovação do astro de 29 anos Yuki Yanagita por 3 temporadas com um salário de U$3,53 milhões por ano.
O time teve 7 jogadores selecionados para participar dos amistosos contra a Austrália no começo do mês e representaram muito bem, inclusive com o arremessador Kohdai Senga sendo o destaque do jogo 1, onde eliminou 6 rebatedores por Strikeout nos 2 primeiros innings da partida. Lembrando que em novembro, no auge da Hype do Ohtani ir para a MLB, Senga anunciou aos diretores do Hawks que ele se candidataria ao “posting system”. Como ele não foi, fiquem de olho nele!
Além de Kohdai Senga (P), fiquem de olho também em Yuki Yanagita (OF), Dennis Safate (P), Takuya Kai (C), Seiji Imamiya (IF) e o veterano Seiichi Uchikawa (IF).

 

#2 – Saitama Seibu Lions

Lions Jersey
O segundo maior vencedor da Nippon Series (13 títulos) perdeu duas peças muito importantes do seu corpo de arremessadores nessa off-season: Ryoma Nogami, que partiu para o Giants e a maior baixa de todas Kazuhisa Makita. O homem submarino decidiu tentar a sorte do outro lado do Pacífico e assinou com os Padres. Tudo bem que no apagar das luzes o time trocou o arremessador Yosuke Okamoto pelo arremessador dos Tigers Daiki Enokida. Uma incógnita (Enokida jogou apenas 3 jogos em 2017) por um arremessador que caiu muito de produção no último ano.
Assim mesmo, o time não fez contratações de impacto e decidiu confiar na sua Farm, como por exemplo os garotos Tatsuya Imai e Sho Itoh de 19 anos e Hirao Kaiba de apenas 18 anos.
No ataque, o time segue forte e deve dar muita segurança aos garotos.
Destaque para o talento da dupla Shuta Tonosaki (IF) e Shogo Akiyama (OF) que tem lugar cativo nos Samurai Japan (inclusive Tonosaki foi o MVP do ENEOS Asia Professional Championship em 2017) e no veteraníssimo Kazuo “Kaz” Matsui e suas 7 temporadas na MLB e que chegou após boas temporadas com os Eagles.

 

#3 – Tohoku Rakuten Golden Eagles

Eagles Jersey
O time do norte do Japão e o mais novo das Ligas (a franquia foi criada em 2005 quando o Orix Blue Waves decidiu unir-se ao Kintetsu Buffaloes, abrindo espaço para um novo time) tem feito bonito e apesar de jovem, já venceu a Nippon Series em 2013 e é o atual vice campeão da Climax Series da Liga Pacífico.
O time sofreu algumas baixas, a de maior impacto foi a ida de Kaz Matsui para o rival de Liga, os Lions, mas também comemorou a chegada de um arremessador para o Bullpen: o O’Koyea Dickson que estava na AAA da MLB.
O time manteve a base e deve continuar brigando no topo.
Os destaques ficam por conta do trio de arremessadores que serviu o Samurai Japan na série contra a Austrália no começo do mês: Yuki Matsui de 22 anos, Takahiro Norimoto de 27 anos e Yuhei Takahashi de 25 anos. Ainda vale a pena ficar de olho nos rebatedores Toru Hosokawa (C) veteranissimo de 38 anos, Zelous Wheller (IF), o garoto Kenji Nishimaki (IF) de apenas 18 anos e o brasileiro Luciano Fernando (OF) – Brasil-sil-sil!

 

#4 – Hokkaido Nippon-Ham Fighters

Fighters JerseyO Fighters essa temporada será uma incógnita. Afinal, o time em uma única negociação perdeu o seu melhor arremessador, seu melhor rebatedor e ainda o seu melhor jogador… Claro, estou falando da negociação envolvendo o fenômeno Shohei Ohtani. De toda forma, acredito em briga na parte de cima da tabela e quem sabe beliscando a última vaga da Climax Series
Ainda não ficou claro pelos resultados e performance do time na pré-temporada se o time vai conseguir manter a pegada e se o calouro sensação Kotaro Kiyomiya vai conseguir se adaptar ao “Pro Yakyu”e ajudar o time. Algumas contratações foram feitas, mas a mais badalada foi a do Outfielder Oswaldo Arcia ex-Diamond Backs.
Os destaques ficam para Mizuki Hori (P) de 19 anos e que fez parte do Samurai Japan nos jogos contra a Austrália, Go Matsumoto (IF/OF) e o slugger do time Brandon Laird (IF)

 

#5 – Orix Buffaloes

buffaloes jersey
Bom… desde a saída de Ichiro para os Mariners de Seattle e a fusão com o Kintetsu Buffaloes, o Orix Buffaloes virou saco de pancadas e está sempre brigando na parte de baixo da tabela da Liga Pacífico. O time ainda vive das glórias de quando ainda era Hankyu Braves e venceu 3 Nippon Series.
Bom, voltando ao presente, o time perdeu o seu principal arremessador, o fechador Yoshihisa Hirano que assinou com os D’Backs.
Os destaques devem ficar por conta de Tadahiro Okada (OF) referência do time e dos gringos Stefen Romero (OF), Chris Marrero (IF) e o japonês filho de brasileiros Felipe (C) que estreia esta temporada – Brasil sil sil!

 

#6 – Chiba Lotte Marines

Chiba Jersey
O time de Chiba não fez bonito na última temporada, mas disputou a Climax Series nas duas anteriores. O jejum de títulos dura já 7 anos e para solucionar o problema, resolveram trazer para o comando técnico um consagrado astro do baseball japonês: Tadahito Iguchi, campeão da World Series 2 vezes (White Sox e Cardinals) e muito respeitado no Japão, resolveu voltar ao time com quem conquistou seu terceiro título de Nippon Series. A outra grande notícia ficou por conta da manutenção do arremessador Hideaki Wakui que já estava de malas prontas para viajar à América e resolveu ficar no Japão.
Fique de olho em Tatsuhiro Tamura (C) de apenas 23 anos, o próprio Wakui (P) que deve fazer uma grande temporada, Matt Dominguez (IF) e Francisco Pegelo (OF) que já atuou por Giants e Orioles na MLB.

 

Palpites do colunista:

Climax Series

  • Campeão Liga Central – Hanshin Tigers (sem clubismo ahahaha)
  • Campeão Liga Pacífico – Fukuoka SoftBank Hawks


Nippon Series

  • Campeão – Fukuoka SoftBank Hawks (tomara que eu esteja errado… sem clubismo hehe)


Jogadores de destaque para a temporada

  • Pitchers
    • Shota Imanaga

Imanaga

O garoto prodígio dos BayStars, vem em grande nível, inclusive na seleção principal, onde não sentiu a pressão e tem sido protagonista. Tem personalidade e deve liderar os BayStars para mais uma Climax Series.

    • Kohdai Senga

Kohdai+Senga+Japan+v+Mexico+International+cDVxRL9bfe6l

O experiente arremessador que cogitou partir para a MLB nesta inter-temporada permaneceu em Fukuoka e vai liderar novamente o atual campeão japonês em busca do 6.o título da liga Pacífico após o seu re-batismo em 2005 (antes foi Fukuoka Daiei Hawks e Nankai Hawks) e o seu 9.o título de Nippon Series da história.

  • Fielders
    • Alex Guerrero

guerrero

o veterano Slugger, com passagem pelos Dodgers de Los Angeles, acabou de ser contratado pela franquia mais vencedora da liga japonesa e deve mandar muito bem no Tokyo Dome, promessa de muitos “Hômu-Ran” para os Giants.

    • Kotaro Kiyomiya

kiyomiya

O estreante desta temporada foi um verdadeiro fenômeno no colegial e no universitário. Além disso, foi draftado na primeira posição pelo time que mais tem revelado talentos nos últimos anos, o Nippon-Ham Fighters. Sim, o mesmo time que revelou Yu Darvish e Shohei Ohtani para a MLB. Vamos ver como o garoto vai reagir no “Pro-Yakyu”. É a minha aposta para RoY.

boy1

É isso… Por hoje é só! Espero que seja esclarecedor e dê um panorama do que vem por ai nessa temporada da NPB.

Acompanhe o blog e os nossos perfis no Facebook, Twitter e Instagram, pois, qualquer novidade, classificação e resultados das partidas serão divulgados regularmente. Curta, compartilhe e comente!

Finalmente teremos baseball no mundo com a volta das atividades da NPB e da MLB.

Até a próxima!

#Sports4Life

Ricardo “Nozu” é colunista exclusivo do Major Sports Blog, ex-jogador do Bacamartes de São Paulo e é torcedor do Hanshin Tigers da Liga Central.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s