basketball

RESUMÃO – FREE AGENCY NBA 2018

A Free Agency da NBA está frenética, praticamente todos os dias com notícias bombando, com mudança de ares para uns e renovação para outros. Até aqui, as calculadoras cravam que uma contratação que aconteceu nas primeiras semanas já determinou o campeão da NBA com quase 1 ano de antecedência! Não acredita? Então, leia o resumo feito pelo Vítor @Chaveatle e acompanhe nosso diário da Free Agency da NBA.

Uma pergunta que fica: Onde iremos parar, sr. Adam Silver?

Segue nosso resumo das contratações mais relevantes e no final, todas as negociações concretizadas e quem ainda está dando sopa no mercado:

California Dreamin’ (se lembrou da música você está ficando velho)

 lebrão

Não demorou muito para a primeira bomba sair na noite de domingo. LeBron James fechou com o Los Angeles Lakers pelo contrato máximo (U$ 154 milhões/4 anos). O ala vai para o time mais popular e o objetivo principal, além de reconduzir do primo rico de LA aos playoffs, será administrar time e vestiário. Pois até agora só fecharam ‘parças’ de LBJ como Lance Stephenson e Rajon Rondo! E ainda haviam burburinhos de uma volta de Dwight Howard, o qual fio desmentido dias depois (fechou com o Wizards). Boa sorte, fera! #TeclasCurtiuIsso

RIP, NBA!

 demarcus-cousins-road-uni-iso

Os tempos são outros. Quem acompanha NBA desde os anos 80, 90, até o final da década passada, via uma NBA onde os gigantes eram desafiados, derrubar os campeões era uma meta e uma liga mais competitiva. Hoje, o cenário é bem distinto: só uma conferência altamente disputada, os gigantes cada vez mais fortes e derrubar campeão que é bom está virando lenda. E isso ficou evidente com a ida de DeMarcus Cousins ao Golden State Warriors por um salário ‘irrisório’ para os padrões da liga (U$ 5,4 milhões/1 ano) para ser campeão da NBA. O brasileiro Cristiano Felício (reserva dos Bulls), a ponto de comparação, ganha mais que DMC (no auge da carreira, All-Star e campeão olímpico). Até o ábaco já aponta GS como campeão da temporada! A que ponto se sujeitam os jogadores nessa era dos ‘super times’. Parabéns a todos os envolvidos.

Off: reza a lenda que foguetes foram soltos por um certo “Chef” em São Caetano do Sul com essa notícia

Novo parceiro

 randle

E em NOLA a vida tem que continuar. E quem não tem mais DMC, vai de Julius Randle. LA não segurou seu ex-camisa #30, que aceitou ir para a Louisiana por um contrato muito bom (U$ 18 milhões/2 anos) para fazer uma nova dupla com Anthony Davis. Randle é muito bom jogador, mas com Alvin Gentry não saberemos se o pivô terá a mesma liberdade que tinha nos Lakers de armar o jogo (sim, isso acontecia muito).

Rebuild? I don’t think, so

 bulls

Se engana quem pensou que o Chicago Bulls partiria para mais um ano de dor e sofrimento. Com o Leste em baixa, os reforços que chegam mudam o time de patamar para brigar por playoff. Zach LaVine era incógnita até receber a oferta de U$ 78 milhões por 4 temporadas. O time de Windy City não pensou duas vezes em renovar com seu ala-armador. E buscando por outras peças, pesou o fator ‘casa’ para Jabari Parker. Preterido pelo Milwaukee Bucks, o ala fechou com o time de sua cidade natal (U$ 40 milhões/2 anos – team option em 2019/20). O provável lineup terá média de idade muito baixa para a NBA, mas isso é assunto de um futuro preview.

Documentário cancelado

 Paul George

 Você achou que Paul George iria fazer um documentário de 3 episódios falando para qual time iria? Achou completamente errado, otário! A novela de PG durou menos até que a de LeBron James e o ala decidiu permanecer em OKC, também pelo contrato máximo (U$ 137 milhões/4 anos). Haja grana no Thunder.

Demorou, mas finalmente ele veio

 DeAndreJordan

 Quem não se lembra de DeAndre Jordan e a novela dos Mavericks quando o mesmo era FA? Uma bagunça sem igual (com direito a trancá-lo na sua própria casa só para não assinar com Dallas e renovar com os Clippers). Agora, com a troca que levou Gortat a LA, DAJ perdeu espaço no time e foi testar o mercado. Não deu outra! Dallas aceitou o pivô com um contrato bem salgado (U$ 24,1 milhões/1 ano) e em 2019, Dirk terá um time competitivo na sua reta final de carreira.

E o carro-forte?

thomas

Quando deu a FA do ano passado, o armador Isaiah Thomas disse que para o seu novo contrato seria preciso um carro-forte. Pois bem, um ano depois o atleta passou por Cleveland e Los Angeles na temporada passada e fechou para 2018/19 com o Denver Nuggets pelo contrato mínimo de veterano. O mesmo diz agora que dinheiro não é o seu principal alvo. O mundo dá voltas, amigo.

Fim de uma era

parker

Foram muitos anos de glórias e conquistas com o alvinegro texano. Agora, o armador Tony Parker é jogador do Charlotte Hornets (U$ 10 milhões/2 anos). Está certo de que a idade chegou e as lesões o acompanham com mais frequência. No time de Michael Jordan será o atleta a ajudar na reconstrução da equipe, ao lado de seu companheiro de seleção francesa, Nicolas Batum. Triste pelo fim de um casamento, mas não sabemos o que o amanhã nos reserva.

*Bônus*

kawhi

Não é caso de FA, mas merece uma menção. O ala Kawhi Leonard teve seu pedido atendido, mas não para onde queria. O MVP das finais de 2014 é o mais novo jogador do Toronto Raptors. Ele irá junto com Danny Green por DeMar Derozan (você não leu errado), Jakob Poeltl e uma escolha protegida de primeira rodada de 2020 (escolha abaixo da #20 em 2020 passa a ser de SA). E a novela já começou mesmo antes dele ser apresentado, com matérias dizendo que ele não tem desejo de jogar no time canadense. Isso dará pano pra manga.

Confira os demais FA que já acertaram seu caminho:

  • Kevin Durant: refez seu contrato com os Warriors (U$ 61,5 milhões/2 anos – opção de renovação no segundo ano pelo jogador)
  • Chris Paul: renovou com o Houston Rockets pelo máximo (U$ 160 milhões/4 anos)
  • Nikola Jokic: renovou com o Denver Nuggets pelo máximo (U$ 148 milhões/5 anos)
  • Aaron Gordon: renovou com o Orlando Magic (U$ 84 milhões/4 anos)
  • JJ Redick: renovou com o Philadelphia 76ers (U$ 12-13 milhões/1 ano)
  • Trevor Ariza: novo reforço do Phoenix Suns (U$ 15 milhões/1 ano)
  • Derrick Favors: renovou com o Utah Jazz (U$ 26 milhões/2 anos)
  • Will Barton: renovou com o Denver Nuggets (U$ 54 milhões/4 anos)
  • Elfrid Payton: novo reforço do New Orleans Pelicans (U$ 2,7 milhões/1 ano)
  • Fred VanVleet: renovou com o Toronto Raptors (U$ 18 milhões/2 anos)
  • Avery Bradley: renovou com o Los Angeles Clippers (U$ 25 milhões/2 anos)
  • Rajon Rondo: já dito anteriormente, só falta os valores (U$ 9 milhões/1 ano)
  • Kentavious Caldwell-Pope: renovou com o Los Angeles Lakers (U$ 12 milhões/1 ano)
  • Rudy Gay: renovou com o San Antonio Spurs (U$ 10 milhões/1 ano)
  • Joe Harris: renovou com o Brooklyn Nets (U$ 16 milhões/2 anos)
  • Nerlens Noel: novo reforço do Oklahoma City Thunder (U$ 3,5 milhões/2 anos)
  • Dirk Nowitzki: renovou por menos com o Dallas Mavericks (U$ 5 milhões/1 ano)
  • Ersan Ilyasova: novo/velho reforço do Milwaukee Bucks (U$ 21 milhões/3 anos)
  • Aron Baynes: renovou com o Boston Celtics (U$ 11 milhões/2 anos)
  • Ed Davis: novo reforço do Brooklyn Nets (U$ 4,4 milhões/1 ano)
  • Jerami Grant: renovou com o Oklahoma City Thunder (U$ 27 milhões/3 anos)
  • Marco Belinelli: novo/velho reforço do San Antonio Spurs (U$ 12 milhões/2 anos)
  • Lance Stephenson: mesma toada do Rondo (U$ 4,4 milhões/1 ano)
  • Mario Hezonja: novo reforço do New York Knicks (U$ 6,5 milhões/1 ano)
  • Seth Curry: novo reforço do Portland Trail Blazers (contrato de 2 anos com valores não divulgados)
  • Doug McDermott: novo reforço do Indiana Pacers (U$ 22 milhões/3 anos)
  • JaVale McGee: novo reforço do Los Angeles Lakers (contrato mínimo de veterano)
  • Derrick Rose: renovou com o Minnesota Timberwolves (U$ 2,1 milhões/1 ano)
  • Gerald Green: renovou com o Houston Rockets (U$ 2,4 milhões/1 ano)
  • Omri Casspi: novo reforço do Memphis Grizzlies (valores não divulgados)
  • Nik Stauskas: novo reforço do Portland Trail Blazers (U$ 1,6 milhões/1 ano)
  • Glenn Robinson III: novo reforço do Detroit Pistons (U$ 8,6 milhões/2 anos)
  • Dante Exum: renovou com o Utah Jazz (U$ 33 milhões/3 anos)
  • Raul Neto: renovou com o Utah Jazz (U$ 4,4 milhões/2 anos)
  • Tyreke Evans: novo reforço do Indiana Pacers (U$ 12 milhões/1 ano)
  • Jeff Green: novo reforço do Washington Wizards (U$ 2,5 milhões/1 ano)
  • Jusuf Nurkic: renovou com o Portland Trail Blazers (U$ 48 milhões/4 anos)
  • Luc Mbah a Moute: novo/velho reforço do Los Angeles Clippers (contrato mínimo de veterano)
  • Wayne Ellington: renovou com o Miami Heat (U$ 6,2 milhões/1 ano)
  • Brook Lopez: novo reforço do Milwaukee Bucks (U$ 3,4 milhões/1 ano)
  • Kyle Anderson: novo reforço do Memphis Grizzlies (U$ 37,2 milhões/4 anos)
  • Amir Johnson: renovou com o Philadelphia 76ers (contrato mínimo de veterano)
  • Shabazz Napier: novo reforço do Brooklyn Nets (contrato de 2 anos com valores não divulgados)
  • Dwight Howard: novo reforço do Washington Wizards (U$ 11 milhões/2 anos)
  • Nemanja Bjelica: novo reforço do Philadelphia 76ers (contrato de um ano com valores não divulgados)
  • Kyle O’Quinn: novo reforço do Indiana Pacers (U$ 5,4 milhões/1 ano)
  • Zaza Pachulia: novo reforço do Detroit Pistons (U$ 2,4 milhões/1 ano)
  • Channing Frye: novo/velho reforço do Cleveland Cavaliers (U$ 2,4 milhões/1 ano)
  • Isaiah Briscoe: novo reforço do Orlando Magic (tempo e valores não divulgados)
  • Ian Clark: renovou com o New Orleans Pelicans (contrato mínimo de veterano)
  • Davis Bertans: renovou com o San Antonio Spurs (U$ 14,5 milhões/2 anos)
  • James Ennis III: novo reforço do Houston Rockets (contrato de 2 anos e valores não divulgados)
  • Dante Cunningham: novo reforço do San Antonio Spurs (contrato de 1 ano e valores não divulgados)

Confira a lista de quem ainda está sem time até o lançamento deste post:

  • Clint Capela* – PF/C
  • Marcus Smart* – PG/SG
  • Rodney Hood* – SG
  • Montrezl Harrell* – PF
  • Michael Beasley – SF
  • Dwyane Wade – SG
  • David West – PF
  • Trevor Booker – PF
  • Jamal Crawford – SG
  • Joe Johnson – SG
  • Yogi Ferrell* – PG
  • Brandan Wright – C
  • Vince Carter – SG
  • Nick Young – SG
  • Jahlil Okafor – C
  • Alex Len – C

*FA restrito (o último time do jogador pode cobrir a oferta feita por outra equipe para seu jogador permanecer)

 

Vitor Silva é apaixonador por esportes americanos e acompanha de perto todas as grandes ligas, siga-o no twitter  @chaveatle e fique por dentro das novidadade. Vitão é um dos redatores do Blog Major Sports.

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s