especial

Los Angeles CHARGERS: Playoffs à vista!

Los_Angeles_Chargers_helmet_rightface

Resumo da última temporada

E o hiato continua. Em sua primeira temporada fora de San Diego, os Chargers foram até o final com chances reais de se classificar para os playoffs que não frequenta desde 2013. Os liderados de Philip Rivers, no entanto, não conseguiram produzir na hora H. As derrotas dentro da divisão e o início 0-4 pesaram no fim, mesmo com um 9-7 em 16 partidas.

No ano passado, mais uma vez o jogo corrido ficou sob a batuta do RB Melvin Gordon. E ele mais uma vez correspondeu a altura, mantendo a alcunha de ‘talento escondido’ (1105 jardas, 8 TDs terrestres e 4 TDs aéreos) evoluindo em seu terceiro ano de liga. Na recepção, nada de Hunter Henry: o WR Keenan Allen surpreendeu com uma ótima produção (1393 jardas, 6 TDs – média de 13.7 jds por jogada) sendo eleito o Comeback Player Of The Year depois de perder temporadas seguidas por lesão.

Como time, o LAC terminou a temporada como o melhor ataque aéreo em jardas, superando Brady e cia. (4431 jardas) e ainda de quebra foi a #6 em TDs (28) a frente por exemplo do Minnesota Vikings, que foi até a final da NFC. Pela nona vez em quatorze anos de carreira, Philip Rivers passou das 4000 jardas lançadas (a quinta seguida).

Na defesa, os Chargers sempre tiveram do que se orgulhar. Foi de lá que veio o melhor jogador da temporada (pelo AV), Casey Hayward. O CB fez de tudo (4 INT, 22 passes defendidos, 1 fumble forçado e 2 fumbles recuperados), seguindo a escrita do setor. Ao todo, LA foi a terceira equipe que menos cedeu jardas ao adversário (3156) e ao lado de Rams e Bills, a sexta que mais interceptou os adversários (18).

Com uma liga com nível competitivo abaixo da NFC e uma divisão uma total incógnita durante o ano, a perda na vaga foi por detalhes. Mas para 2018, o cenário segue o mesmo mas com otimismo.

 

Escolhas de Draft

Uma escolha excelente que caiu dos céus para os Chargers e que sua defesa não sofrerá tanto com as perdas. O safety Derwin James é tido com um ‘clone de Kam Chancellor’, tem presença física e é era a peça que irá contribuir para o time que sofreu com o jogo corrido em 2017 (4,9 jardas por jogada). O nível será mantido alto.

As outras escolhas:

NCAA Football: Southern California at Arizona State

Uchenna Nwosu (LB – USC)

  • Justin Jones (DT – NC State)
  • Kyzir White (LB – West Virginia)
  • Scott Quessenberry (C – UCLA)
  • Dylan Cantrell (WR – Texas Tech)
  • Justin Jackson (RB – Northwestern)

Contratações

Os Chargers não foram muito para as compras, mas teve que buscar peças emergenciais por tragédias do destino. O TE Hunter Henry sofreu um rompimento nos ligamentos do joelho e só volta em 2019. A contratação foi o TE Virgil Green (U$ 8,6 milhões/3 anos), vindo do rival Denver Broncos, foi a primeira opção. Mas o que seria dos Chargers sem Antonio Gates? O interminável TE volta para 2018 e reforça o setor em seu (provável) último ano na NFL.

Los Angeles Rams v New York JetsA principal contratação do time também foi para o ataque, mas na OL. O C Mike Pouncey (U$ 15 milhões/2 anos) que estava no Miami Dolphins, é o nome mais caro da FA indo para LA, que gastou ao todo, pouco mais de U$ 36 milhões.

Demais contratações

  • Caleb Sturgis (K – Philadelphia Eagles) -> U$ 4,4 milhões por 2 anos
  • Geno Smith (QB – New York Giants) -> U$ 1 milhão por 1 ano
  • Jaylen Watkins (S – Philadelphia Eagles) -> U$ 880 mil por 1 ano

Perdas

As saídas foram maiores do que as perdas (em quantidade). Dos que mudaram de ares, quem conseguiu o maior contrato foi o G Kenny Wiggins (U$ 5 milhões/2 anos) indo para o Detroit Lions. Outro defensor também está de malas prontas para outro lugar da Califórnia: o OLB Jeremiah Attaochu (U$ 3 milhões/1 ano) acertou sua ida para o San Francisco 49ers.

Demais perdas:

  • Matt Slauson (G – Indianapolis Colts) -> U$ 2,5 milhões por 1 ano
  • Tre Boston (FS – Arizona Cardinals) -> U$ 1,5 milhões por 1 ano
  • Korey Toomer (ILB – San Francisco 49ers) -> U$ 880 mil por 1 ano
  • Michael Ola (T – New Orleans Saints) -> U$ 790 mil por 1 ano
  • Chris McCain (OLB – Indianapolis Colts) -> U$ 705 mil por 1 ano
  • Tenny Palepoi (DT – Buffalo Bills) -> U$ 705 mil por 1 ano
  • Braden Oliver (RB – Indianapolis Colts) -> valores e tempo de contrato não divulgados

Destaque do Ataque

NFL: Los Angeles Chargers at New York Jets

Keenan Allen (13)

O crescimento rendeu muitos frutos e ao lado de Melvin Gordon, Keenan Allen será o mais visado do ataque aéreo de LAC, ainda mais sem Hunter Henry para dar mais opções a Philip Rivers. Vai para a sua segunda temporada totalmente livre das lesões, e saudável é um dos melhores WR da liga. Philip Rivers agradece.

 

Destaques da Defesa

Los-Angeles-Chargers-defense-Melvin-Ingram-photo-Twitter-LA-ChargersEles serão citados aqui, pois a dupla Joey Bosa e Melvin Ingram são uma das melhores duplas de LBs da NFL. Ano passado combinaram para 23 sacks (mais que o Tampa Bay Buccaneers inteiro, por exemplo) dos 43 dos Chargers. Bosa, inclusive, está mostrando a que veio na liga temporada a temporada. Menção honrosa a Casey Hayward, um dos melhores jogadores de secundária da liga.

 

Perspectivas e previsão para a nova temporada

Philip-Rivers-lifts-Los-Angeles-Chargers-over-Los-Angeles-RamsPhillip Rivers

AFC Norte e NFC Oeste. Uma tabela que longe da divisão não é das mais complicadas, pois na divisão o buraco é mais embaixo com KC se reformulando, um emergente Denver e um Oakland que ‘voltou’ 20 anos no tempo e perdeu sua referência. As calculadoras apontam um 10-6 para LA e classificação para os playoffs como campeão da divisão, pois não é bom subestimar um time com Philip Rivers, um WR como Allen, um RB como Gordon e a defesa que mantém seu nível com sangue novo. A única coisa que nunca deveria ter saído é a famosa SAN DIEGO SUPER CHAAAAAAARGERS! #SddsEternas

NOTA DO EDITOR: Atendendo a milhares de 1 pedido, aí vai 4 minutos de extase!!! SAN DIEGOOOOO, SUPER CHARRRRRRGEEEESSSS!

 

A série de Previews da NFL é um oferecimento do BLOG MAJOR SPORTS para todos os torcedores e amantes desse esporte maravilho! Siga nosso blog nas redes sociais:

twitter: @blogmajorsports

Facebook.com/majorsports.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.