especial

Dallas COWBOYS: #VemHexa, vem?

NFL: Dallas Cowboys at Green Bay Packers

Por Felipe Jardim

Falar do Dallas Cowboys é lembrar que estamos falando de cinco Lombardi Trophies, todavia desde 1995 os Cowboys não chegam a um SuperBowl. São 23 anos que os torcedores da estrela de prata amargam o #VemHexa, só Washington Redskins e Detroit Lions também não disputaram o SuperBowl nesse período. Essa é a oitava temporada do Head Coach Jason Garrett no comando da equipe que vem de uma sequência de altos e baixos, 2017 nossos histórico foi de (9 vitórias – 7 derrotas) comparado as frequentes temporadas de (8-8), mesmo com mais vitórias que derrotas, ficamos de fora dos playoffs e ainda assistimos um rival de divisão levar seu primeiro Lombardi (As águias da Philadelphia).

O ataque teve uma das maiores mudança desde a aposentadoria de Tony Romo (Quarterback), agora perde seu principal recebedor Dez Bryant que desde 2009 tem o posto de #1 recebedor. E a aposentadoria do Tight End Jason Witten, que exercia o papel de principal liderança e realizava as rotas quentes dos vaqueiros. Agora Dak Prescott assume esse papel e já deu entrevistas que essa temporada de 2018 os torcedores podem criar boas expectativas. Kellen Moore que foi backup de Prescott no ano passado assumiu como Técnico dos Quarterbacks e a disputa pelo backup do Dak fica entre o estreante draftado na quinta rodada Mike White e o undrafted free agent Cooper Rush.

Sem Bryant e Witten o jogo aéreo fica com os veteranos Cole Bealey e Terrance Williams. No mercado buscamos Tavon Austin que veio como Wide receiver e agora está listado como Running back e será utilizado como “web back”, é um dos nomes para ficar de olho quando em campo. Deonte Thompson do Buffalo Bills, que foi contratado por pedido do novo técnico dos recebedores Sanjay Lal, Allen Hurns veio do Jacksonville Jaguars e se recupera de um legado de lesões. Vindo do Draft os novatos de terceira escolha Michael Gallup e de sexta escolha Cedrick Wilson são as apostas pra temporada. Como a maior baixa do time foi a saída de Witten, os TEs do Dallas saíram de um grande plantel com Rico Gathers, Geoff Swaim, Blake Jarwin e Dan Schultz que veio da escolha de quarta rodada do Draft.

ezekiel-elliott-e1502474049402O jogo corrido esse ano contará com a presença de Ezekiel Elliott

O jogo corrido esse ano contará com a presença de Ezekiel Elliott, o qual perdeu 6 jogos (suspenso por acusação de violência domestica), Rod Smith convenceu a comissão técnica e desbancou Darren McFadden e Alfred Morris ajudando Elliott nas corridas dos Cowboys. E uma revelação dos OTAs o draftado de sétima rodada, Bo Scarbrough. Um ponto forte em 2017 do ataque foi a utilização do Fullback e fomos ao mercado e conseguimos Jamize Olawale, do Oakland Raiders que além de abrir caminho pra Elliott ajudará na proteção a Prescott.

Por falar em proteção, a linha ofensiva busca recuperar o posto de melhor da liga que ostentava em 2016, mas 2017 serviu pra baixar a bola dos gigantes que teve a ausência de Doug Free (aposentado), Ron Leary que deixou a equipe no mercado e se mudou pra Denver, além de Tyron Smith que sofreu com varias lesões nas costas, quadril e virilha. 2018 tem tudo pra ser um bom ano pra essa unidade, La’el Collins transferido pra posição de Right Tackle, os consagrados e Pro Bowllers Travis Frederick, Zack Martin e Tyron Smith recebem o novato draftado na segunda escolha Conner Williams para posição de Left Guard. E tem tudo pra ser o ponto chave dessa temporada.

Lawrence

Na defensa os Cowboys foram no draft do ano passado procurando por um grande jogador das trincheiras, que fizesse pressão aos QBs adversários, sem saber que o cara já estava em sua lista. Demarcus Lawrence, que teve nove sacks nas suas primeiras três temporadas, e em 2017 destruiu com 14,5 sacks. Ele se tornou o primeiro Cowboy com pelo menos 10 sacks em uma temporada desde a lenda Demarcus Ware. Tyrone Crawford vai contracenar com Lawrence. Os Cowboys contrataram Kony Ealy para aumentar a rotação final defensiva junto com o Taco Charlton, uma escolha no primeiro round no ano passado. Eles recrutaram Dorance Armstrong e esperam ver o retorno de Randy Gregory de uma suspensão de um ano. Os Cowboys têm grandes esperanças no David Irving, que já fez sete sacks em oito jogos, mas foi suspenso dos quatro primeiros jogos da temporada por violar a política de abuso de substâncias da NFL. Maliek Collins continuará no grupo e a conseguiu uma troca com Oakland Raiders pelo DT Jihad Ward para aumentar a profundidade na frente.

Leighton Vander Esch

Os Cowboys encontraram um substituto para o linebacker Anthony Hitchens na primeira rodada, levando Leighton Vander Esch, do Boise State. Ele vai começar no linebacker do meio, empurrando Jaylon Smith para o linebacker do lado forte. Smith jogou 55 por cento dos snaps defensivos, e os Cowboys gostariam de manter esse número em torno de 50 por cento, o que eles farão com ele em Sam. Sean Lee continua a ser o principal – quando ele está no campo. Ele perdeu 42 jogos com lesões em oito temporadas. Damien Wilson começou 15 jogos nas duas últimas temporadas, então os Cowboys têm no plantel bons jogadores na posição.

Em duas temporadas, os Cowboys refizeram completamente o secundário. Brandon Carr, Morris Claiborne, Barry Church, J.J. Wilcox e Orlando Scandrick se foram, e Byron Jones está sendo remanejado de Safety para Cornerback. Jones começou todos os 16 jogos como Free Safety na última temporada, mas ele teve problemas na contenção de corridas e tem apenas duas interceptações de carreira. O novo treinador secundário Kris Richard gosta de jogadores maiores, e Jones tem 6’0 “ (aproximadamente 1,83m). Jones se junta a Chidobe Awuzie, Jourdan Lewis e Anthony Brown no esquadrão de Cornerbacks. Xavier Woods vai começar como Free Safety. Jeff Heath continuará em Strong Safety, e Kavon Frazier vai rotacionar com Heath.

Nos especialistas mantemos os constantes e precisos Kicker Dan Bailey e o Punter Chris Jones. Com a chegada de Tavon Austin assumindo a condição de Retornador Explosivo.

NFL: Dallas Cowboys at Minnesota Vikings

A hype ou empolgação em Dallas é como a tradicional frase texana. Everything is big in Texas.” (Tudo é grande no Texas) Até a empolgação, as equipes em pré temporada e aguardando o inicio da temporada regular é torcer para que essa equipe crie uma ligação forte nos vestiários e que consigam surgir novos lideres que carreguem o time as vitórias na fase regular e nos playoffs. E seguimos com o que disse o Quarterback Dak Prescott em entrevista recente, “Temos os caras certos. Estamos animados. Eu prometo a vocês, 2018 será um grande ano.” E completou “Tudo que queremos é o número 6.” (#VemHexa)

A série de Previews da NFL é um oferecimento do BLOG MAJOR SPORTS para todos os torcedores e amantes desse esporte maravilho! Siga nosso blog nas redes sociais:

twitter: @blogmajorsports

Facebook.com/majorsports.br

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.