especial

Los Angeles RAMS: Solidificando as certezas!

Resumo da última temporada

De incertezas a um dos times mais empolgantes de 2017. Os Rams não eram daqueles candidatos que botavam pinta de que chegaria longe na temporada, com indefinição na posição de QB (Jared Goff não era o homem de confiança), Todd Gurley II com uma segunda temporada abaixo do que apresentou, ataque reforçado com Sammy Watkins (com as dúvidas sobre a sua lesão) e uma defesa que evoluiu, que era o ponto positivo.

sean-mcvay-los-angeles-ramsOs comandados do novo head coach Sean McVay mudaram da água para o vinho: Los Angeles terminou a temporada da NFL com o melhor ataque (478 pontos) e passando das 5000 jardas totais (5784). Gurley teve os melhores números da carreira em jardas terrestres (1305), aéreas (788) e TDs (19 – 13 terrestres e 6 aéreos), sendo eleito o melhor jogador ofensivo de 2017.

Outro destaque é o de Jared Goff. O QB, escolha #1 de 2016, despontou para a liga com as novas peças. Aproveitamento bom (62,1% de acerto nos passes), batendo na trave nas 4000 jardas aéreas (3804) e passando para 28 TDs. Uma grande reviravolta para o segundo-anista.

Outro nome a se destacar é o de Cooper Kupp. O WR também estourou para a NFL, sendo o mais acionado por Goff (94 passes em sua direção) e liderando os recebedores em jardas (869). Foram apenas 5 TDs, é verdade. Sammy Watkins, mesmo não estando 100% em alguns momentos da temporada, foi o líder de LA no quesito (8).

Com a crescente, os Rams voltaram a vencer mais de 10 jogos no ano (11-5) desde 2003. A eliminação para o Atlanta Falcons no wild card pesou, dando a entender que esse time não está pronto para decisões. Por isso, o time foi atrás e se reforçou pontualmente, mas muito bem.

 

Escolhas de Draft

A troca por Brandin Cooks mandou sua primeira escolha de draft para Foxboro. Com isso, os Rams não tiveram tantos nomes que causasse impacto na seleção dos novatos. Tanto que sua primeira escolha veio apenas na terceira rodada.

OT Joe NoteboomO OT Joe Noteboom foi o mais rápido no tiro de 40 jardas entre os OL (4.92 segundos) no draft combine. Jogou de RT e LT na universidade de TCU e McVay acredita que sua inteligência em campo é o fator principal para sua escolha. Outro ponto a se destacar é a renovação da OL dos Rams, já que Andrew Whitworth tem 36 anos e Robert Havenstein será FA ao final de 2018.

As outras escolhas:

  • Brian Allen (C – Michigan State)
  • John Franklin-Myers (DE – Stephen F. Austin)
  • Micah Kiser (LB – Virginia)
  • Obo Okoronkwo (LB – Oklahoma)
  • John Kelly (RB – Tennessee)
  • Jamil Demby (OT – Maine)
  • Sebastian Joseph (DT – Rutgers)
  • Trevon Young (DE – Louisville)
  • Travin Howard (LB – TCU)
  • Justin Lawer (DE – SMU)

Contratações

Brandin CooksSe vai atirar, mande os alvos! E veio simplesmente Brandin Cooks, que estava no vice-campeão New England Patriots, por escolhas de draft. E ainda por cima, o WR renovou com os Rams por U$ 80 milhões para os próximos 5 anos.

Além de Cooks, o time não precisou gastar muito na FA (pouco mais de U$ 42 milhões – oitavo menor gasto dessa FA). Dos nomes mais relevantes, o mais chamativo é o de Ndamukong Suh (U$ 14 milhões por 1 ano), DE que estava no Miami Dolphins. Ao lado de Aaron Donald, formará uma das defesas mais cascas-grossas de 2018 na NFL.

A outra contratação

  • Ramik Wilson (ILB – Kansas City Chiefs) -> U$ 750 mil por 1 ano

Perdas

Se foi cirúrgico nas vindas, nas perdas não se pode dizer o mesmo. LA perdeu mais jogadores do que trouxe. Um deles é o CB Trumaine Johnson para o New York Jets (U$ 72,5 milhões por 5 anos). Defensor que fazia de tudo um pouco na secundária, será uma perda sentida.

Outro jogador que mudou de ares foi o WR Sammy Watkins, que foi para o Kansas City Chiefs (U$ 48 milhões por 3 anos). Mesmo sendo o líder do time em TDs, a troca por Cooks pesou para o WR.

Demais perdas:

  • Derek Carrier (TE – Oakland Raiders) -> U$ 5,5 milhões por 3 anos
  • Cody Davis (FS – Jacksonville Jaguars) -> U$ 5,2 milhões por 2 anos
  • Cameron Lynch (OLB – Tampa Bay Buccaneers) -> U$ 705 mil por 1 ano
  • Connor Barwin (OLB – New York Giants) -> tempo e valores não divulgados

Destaque do Ataque

Giants versus RockiesO jogo será nele e os olhos se voltarão mais uma vez a Todd Gurley II. Terá a responsabilidade de carregar os Rams depois de ‘renascer’ para a NFL em 2017. RB rápido e bom recebedor, é a principal válvula de escape dos angelinos. Se tiver a oportunidade, assista Gurley atuar nessa temporada. Valerá a pena.

Destaque da Defesa

Defesa dos Rams = Aaron Donald. O DE é um dos melhores da posição (quiçá o melhor) e terá muita companhia para reforçar ainda mais o seu jogo. Em quatro anos de NFL, termina a temporada com no mínimo 8 sacks e 32 tackles, pelo menos. Líder em AV em 2015 e 2016 por STL/LA, Donald é de sobra o destaque defensivo desse time (se parar com a greve, diga-se).

Perspectivas e previsão para a nova temporada

jared-goff-los-angeles-ramsJared Goff

A NFC Oeste estará equilibrada por baixo. LA é o favorito a levar a divisão, mesmo com um emergente San Francisco 49ers, um confuso Arizona Cardinals e a interrogação que paira no Seattle Seahawks. Se na divisão a tarefa é mais simples, fora terá trabalho contra a NFC Norte e AFC Oeste. Minhas calculadoras apontam 10-6, com nova ida aos playoffs pela fragilidade da divisão (ou uma tragédia conjunta). Portanto, o caminho para brigar pelo Super Bowl continuará.

 

A série de Previews da NFL é um oferecimento do BLOG MAJOR SPORTS para todos os torcedores e amantes desse esporte maravilho! Siga nosso blog nas redes sociais:

twitter: @blogmajorsports

Facebook.com/majorsports.br

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s