basketball

Fantasia no Ar #43


Mais um texto de fantasy chegando na área e agora é com a aproximação da primeira semana festiva do game. Se pensou em Pro Bowl… lamento informar que não. Falaremos um pouco sobre o All-Star da NHL que se aproxima e as estrelas que já anunciaram que estão fora, junto com aquelas que estão de molho e podem perder o fim de semana, não para descanso, e sim se recuperando de lesão. Simbora:

NHL

E nada de Taylor Hall

Image result for taylor hall nhl 19

Esse é o caso mais emblemático do momento, pensando em fantasy. Taylor Hall, principal jogador do New Jersey Devils, não atua desde o dia 23 de dezembro, por conta de um lower body injury (traduzindo para o português, seria a região abaixo da cintura envolvendo glúteos, coxa e panturrilha).

Sem ele, o time acabou caindo de produção. E seus donos no fantasy não encontram um LW a altura para substituir (quando não tem). E com o ASG se aproximando e a dúvida sobre se o camisa #9 vai jogar ou não, ainda persiste.

Minha dica é: deixe na IR e espere. O evento está próximo e como o mesmo (até o lançamento deste texto) sequer foi ao gelo, segure-o no seu time (ou envolva em uma troca por alguém do mesmo calibre). Caso aconteça uma reviravolta e ele atue antes do ASG, vai ser de extrema valia, já que em rodadas assim, os jogos são mais escassos e um jogador do porte dele é bem-vindo em qualquer circunstância.

Quanto a aqueles que optaram por não jogar em prol de um descanso extra (Alex Ovechkin e Carey Price), apenas agradeça e deixa o jogo seguir. Não tem com o que se preocupar, além de ter um atleta 100% saudável para a ‘segunda metade’ do campeonato.

As Três Estrelas da Semana 14

Mark Giordano (D – Calgary Flames)

Image result for Mark Giordano (D - Calgary Flames)

A fase dos Flames está estupenda. Mark Giordano fez chover na semana perfeita da equipe, com quatro vitórias em quatro jogos. Foi coroado com um jogo de 3 pontos (2 gols) contra os Coyotes e merece a estrela da semana com louvor, além de liderar todos os jogadores em pontos nos últimos 7 dias (8).

Jordan Binnington (G – St. Louis Blues)

O ano pode estar uma lástima, mas Binnington foi enorme. Um dos poucos a vencer 3 jogos na semana (o outro é Martin Jones) com uma média de gols sofridos em 0.67 (74 de 76 tiros defendidos) com direito a um shutout na sua estreia como titular (o 35º a conseguir na história da NHL). Quem apostou se deu muito bem.

Tuukka Rask (G – Boston Bruins)

Mais um que deu a volta por cima nessa semana. Dois jogos, duas vitórias (shutout em uma delas) incluindo uma sobre os Maple Leafs. Uma recompensa para quem pregou a paciência com ele.

Para ficar de olho (semana 15)

John Gibson (G – Anaheim Ducks)

Image result for John Gibson (G - Anaheim Ducks)

Recomendando um goleiro que não vence desde o dia 17 do mês passado? Como são as coisas… Anaheim terá uma road trip, na teoria, tranquila. Chance de Gibson, pelo menos, tirar sua sina de derrotas.

T.J. Brodie (D – Calgary Flames)

Um dos beneficiados com a fase excelente de Calgary. Fique esperto em ligas por stats, que ele está colaborando bastante.

Marcus Pettersson (D – Pittsburgh Penguins)

Jogador que ninguém aposta, mas que está comendo pelas beiradas. Desde a virada de ano, só não pontuou na última partida dos Pens, em Los Angeles. Atenção ao momento do defensor e, caso mantenha a boa fase, arrisque.

Colton Sissons (C/LW – Nashville Predators)

Pontuou em quatro dos últimos cinco jogos de Nashville e com boa produção, vale a pena dar uma conferida se estiver disponível em sua liga.

NBA

Boletim Médico

  • Clint Capela sofreu lesão no dedo polegar e está fora por 4 a 6 semanas;
  • Rondae Hollis-Jefferson deverá retornar aos Nets durante a semana. Expectativa que não tenha restrições diante do Houston Rockets, na próxima quarta-feira;
  • Sobre quarta-feira, LeBron James passará novamente por exames na virilha. LBJ está fora de ação desde o Natal;
  • Kevin Love não fará atividades em quadra até o All-Star Game, segundo o staff de Cleveland. Ainda sobre o ala-pivô, os rumores de troca envolvendo-o começam a esquentar;
  • Enes Kanter, que ficou fora por exagerar na dose com hambúrgueres, ainda não voltou a treinar e segue de fora dos Knicks. É mais um com o nome ventilado em possíveis trocas;
  • E fechando, Myles Turner segue com uma lesão no ombro, mas como vem sendo cogitado para voltar ao time (questionável), deve retornar em breve.

Os melhores da semana 13 (excluindo os tops de linha)

Bradley Beal (SG – Washington Wizards)

Image result for Bradley Beal (SG - Washington Wizards)

34.3 pontos por jogo e atuações de gala como a do último domingo contra os Raptors. Beal ganhou a chave da franquia sem John Wall do seu lado para ajudar. E os seus donos agradecem pelo upside no seu jogo.

Rudy Gobert (C – Utah Jazz)

Não está sendo dominante para os donos de fantasy, mas vem de double-double com 13.3 pontos e 15.8 rebotes de média na semana. O número baixo de tocos chama a atenção para um pivô de características defensivas.

Luka Doncic (SG – Dallas Mavericks)

Ele é uma realidade. Doncic é exceção a regra para aqueles que ficam com um pé atrás quando um europeu chega a NBA. O esloveno com médias de 28.0 pontos, 6.8 rebotes e 6.0 assistências, fez a alegria no game (até porque não teve o seu melhor Dallas ao seu lado na semana).

Donovan Mitchell (PG/SG – Utah Jazz)

Demorou para engrenar, mas Mitchell teve uma semana do nível que o colocou no patamar do futuro da liga. 31.5 pontos e 5.8 assistências de média para o camisa #45, que tenta colocar Utah novamente na pós-temporada.

Andrew Wiggins (SG – Minnesota Timberwolves)

25.0 pontos por jogo na semana. Pode parecer abaixo do esperado, pensando na elite da liga, mas Wiggins é do tipo de jogador ‘ame-o ou odeie-o’. Mesmo com toda a desconfiança que gira em torno de si, conseguiu produzir para a surpresa dos seus donos.

Dicas para a semana 14

JaMychal Green (PF – Memphis Grizzlies)

Image result for JaMychal Green (OF - Memphis Grizzlies)

Aproveita enquanto ele está inteiro. O ala-pivô está crescendo nos últimos jogos e merece seu destaque para ajudar na rodada. Os duelos dos Grizz facilitam pensando em garrafão (Bucks, Celtics e Raptors).

Bobby Portis (PF – Chicago Bulls)

Vem do banco, pontua perto do tempo que atua, e só. Bobby Portis tem sido uma referência no que diz respeito a produção em quadra. Está sendo limitado nos seus minutos voltando de lesão, mas com uma semana de jogos espaçada, pode causar estrago.

Até a próxima semana.

O blog Major Sports tem orgulho de falar de Fantasy games o ano inteiro e um dos responsáveis por isso é o nosso intrépido Vitor @chaveatle Silva, que manja muito do negócio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.