esporte

Time dos Sonhos – Futebol #18 – Clube de Regatas Vasco da Gama

Essa lista é feita por Mim, Edelberto Nery, torcedor de arquibancada desde dos 4 anos. A lista não vai agradar a todos, mas felizmente tem muito craque que vestiu a camisa do Vascão. Então vamos a minha seleção dos jogadores que vi jogar.

Vamos ao melhor time da colina, no 4-4-2:

No Gol:

Carlos Germano – Goleiro vindo das divisões de base do Vasco, se firmou como titular em 92, uma pena não terem dado chance para a nossa muralha seis meses antes, talvez o Vasco teria sido campeão brasileiro daquele ano, já que umas das razões de não irmos para final foi a falha do então goleiro Regis. Conquistou o único tricampeonato estadual (92,93,94), campeão brasileiro, e libertadores. Debaixo das traves vai ser difícil ter alguém igual. Como esquecer a atuação magistral na final de 1997?


Na Zaga:

Luiz Carlos Wink – Jogou no clube de 1989 até1992. Um lateral equilibrado, que sábia cruzar como poucos. Foi campeão brasileiro em 89, fazendo o cruzamento para o gol do título. Participou do título invicto de 1992.

Dedé – Um zagueiro que defendia muito bem, e útil no ataque. Chegou no Vasco meio desacreditado, talvez pelo apelido, mas conquistou os nossos corações. Sempre se entregando, não desistia nunca, era difícil ganhar do mito na cabeça. Parou craques como Neymar, Vagner Love, Fred. Como não lembrar da virada contra o universitário do Peru, que nosso DedeBauer virou atacante, lateral, ponta e ajudou o Vasco a levar uma vaga improvável.

Mauro Galvão – Jogou de 1997 até 2000. O melhor zagueiro que vi atuar pelo Vasco. Sua estatura não mostra o quanto gigante ele era. Um líder dentro de campo, pouco falhava, sempre preciso. O nosso capitão da libertadores, fez gol da conquista do carioca de 1998. Nunca foi tão prazeroso ver um zagueiro em campo. Ganhou dois brasileiros, um carioca, uma libertadores, um Rio-São Paulo, uma Mercosul.

Mazinho – Um dos jogadores mais versáteis que já atuou pelo Vasco. Uma habilidade, visão de jogo, inteligência rara, fora a elegância para conduzir a bola, talvez um dos jogadores mais subestimados na copa de 1994. Chegou nas divisões de base do Vasco em 1985, e ficou até 1990, foi bicampeão carioca em 87 e 88, e Campeão brasileiro 1989.


Na Meiuca:

Luizinho – Alguém tem que marcar nesse time, fazer o trabalho sujo. Não tem ninguém melhor para realizar esse trabalho que o nosso baixinho. Mas se engana quem pensa que o Luizinho só marcava, só sabia bater, está certo que ele batia como poucos, e eu gostava muito, mas Luizinho tinha talento com a bola nos pés. Comandava o meio campo, iniciava as jogadas, fazia bons lançamentos. Luizinho era o torcedor dentro de campo, brigava por cada bola, jogava com raça. Chegou em 91 no Vasco, passou por Celta e Corinthians emprestado, e ficou até 2000. Pelo Vasco foi quatro vezes campeão carioca, um Rio-São Paulo, dois brasileiros, uma mercosul, uma libertadores.

Giovani – Talvez o jogador mais talentoso que eu vi pelo Vasco. Geovani hoje em dia seria jogador fundamental em qualquer time. Aquele cara que destrói e constrói, com uma inteligência e talento absurdos. Além de tudo tinha muita raça, era o tipo baixinho abusado, recebeu o apelido de pequeno príncipe. Ganhou cinco cariocas com o Vasco.

Felipe – Não existe na história do Vasco, jogador com mais títulos importantes do que Felipe. Canhoto que começou nas divisões de base, iniciou a carreira na lateral esquerda, e depois foi para o meio. Com uma habilidade que só os canhotos têm, o maestro tinha um drible que nenhum adversário conseguia parar, visão de jogo absurda dessa cria da colina. Segue os títulos do maestro, um campeonato carioca, um Rio-São Paulo, dois brasileiros, uma copa do Brasil, uma libertadores, uma Mercosul.

Juninho – Nosso pernambucano chegou no Vasco como contrapeso do atacante Leonardo. No primeiro ano não foi tão bem, mas a partir de 1996 a torcida vascaína viu que tinha alguém diferenciado ali. Um meio campo clássico que batia na bola de forma diferenciada, e Juninho virou nosso reizinho. Juninho foi autor de talvez o gol mais importante da história do Vasco, aquela falta monumental contra o River foi a certeza do título da libertadores. Juninho foi muito mais que um cobrador de faltas, comandava o meio campo, tinha personalidade, raça, alma vascaína. Ganhou pelo Vasco, um carioca, um Rio-São Paulo, Dois brasileiros, uma Mercosul, uma libertadores.


No Ataque:

Edmundo – Um gênio indomado. Veio para o Vasco após ser dispensado do Botafogo por andar pelado na concentração. Na sua estreia nos profissionais, Edmundo já mostrou que não era apenas mais um, ele foi destaque no brasileiro daquele ano, e na conquista do título estadual invicto. Como se destacou acabou sendo vendido. Edmundo era um verdadeiro carrasco do nosso rival, era difícil não fazer gol neles. Além de calar a boca do time preto e vermelho, Edmundo foi o grande protagonista da conquista do brasileiro de 1997, batendo recordes e ainda fez três gols na semifinal contra o time que não tem estádio. Edmundo pelo Vasco ganhou poucos títulos, foram o carioca invicto de 1992, e o Brasileiro de 1997, além de 18 gols contra o império do mal.

Romário – O maior atacante que eu vi jogar, o gênio da área. E se engana que Romário sempre foi o baixinho que não corria, e queria bola no pé. Romário no início de carreira era explosivo, infernizava as zagas adversárias. Assim como Edmundo, fez muitos gols no Rival rubro-negro, mas sua vítima preferida era o alvinegro da zona sul. O ano de 2000 foi especial, Romário estava mais matador que nunca, marcou mais de 70 gols na temporada, ainda fez três gols na maior virada da história do futebol mundial. Para coroar a carreira espetacular, Romário fez seu milésimo gol com a camisa do Vasco. Romário até hoje é o artilheiro do século 21 do Vasco, e dificilmente será superado. Só existe uma coisa a dizer do baixola, “Sai, sai da frente, sai que o Romário é chapa quente.” Títulos pelo Vasco, Dois cariocas, um brasileiro, uma Mercosul.

Categorias:esporte, futebol, Time dos Sonhos

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.