especial

Formula 1 – Fantasy Game

Amigos viciados em fantasy. Talvez seja o mais inusitado e inesperado de todos os que o MSB escreveu sobre o game até aqui. Este texto é o pontapé inicial para o fantasy da Fórmula 1!!! Sim, a brincadeira existe e faremos um primeiro post explicando as regras de como funciona. O game não é difícil, mas requer detalhes minuciosos durante a temporada, assim como é na vida real. Um erro pode custar seu campeonato e sua liga.

Simbora!

Como Funciona

O fantasy da F1 oficial é bancado pelo próprio site da categoria. Para se cadastrar, clique aqui https://fantasy.formula1.com/e preencha todos os requisitos. É de graça.

Feito isso, você montará o seu lineup para a corrida de estreia, que acontecerá na Austrália entre os dias 16 e 18 de março. E aí que começam os detalhes a serem observados, onde boa parte dele se assemelha muito com o Cartola FC, fantasy do Campeonato Brasileiro de futebol.

Primeiramente: ao criar sua conta, você criará sua equipe de corrida com o orçamento de $ 100 milhões. O detalhe é que esse dinheiro precisará ser dividido entre os pilotos (são 5 ao todo) e uma equipe. Cada jogador poderá criar até 3 equipes para participar de outras ligas, caso seja necessário.

Por exemplo, a atual campeã Mercedes custa 32.0 milhões e é a mais cara dentre os selecionáveis. O piloto mais caro é Lewis Hamilton, pentacampeão da categoria e vencedor das últimas duas temporadas (30.5 milhões). A partir daí, caso selecione uma delas (ou as duas), saiba que seu orçamento estará comprometido e restará apostar nas equipes do meio para o final do pelotão, torcendo para acontecer um milagre e pontuar bem (chegaremos lá).

Ao selecionar o seu combinado, você salva e voilá! Sua equipe está pronta para o primeiro fim de semana. Porém, outro alerta a ser feito: após salvar o seu time, você só pode fazer uma alteração (substituição, nesse caso) sem custos, antes de cada fim de semana de corrida. A partir da segunda substituição, sua equipe perderá 10 pontos (punições mais simples, se comparado com as trocas de equipamentos na F1 atual).

O lineup só poderá ser alterado até a sessão de treinos classificatórios, que acontecem no sábado.

Outras curiosidades

Como dito anteriormente, tem mais uma semelhança com o Cartola FC (uma novidade para a temporada 2019 do fantasy da F1): o Turbo Driver. Ele tem o mesmo peso do capitão no game de futebol, onde a pontuação (indiferente se for positiva ou negativa) é dobrada.

Atenção: o Turbo Driver só poderá ser inserido em pilotos que custam menos de $ 20 milhões. Se achou que os mais badalados poderiam ter esse benefício, lamento informar que não será assim.

Ou seja, o seu Turbo precisa ser bem estudado e torcer para dar grandes recompensas, já que apelar está fora de questão.

No caso das substituições, o fantasy permitirá dois Wildcard durante a temporada. Ele é a sua garantia para realizar quantas alterações quiser, sem punições, e com um intervalo de tempo maior (até o dia da corrida). O wildcard ficará a critério do jogador e obrigatoriamente tem que ser utilizado em cada ‘metade’ do campeonato, onde o ponto que determina é o GP da Hungria.

Caso o jogador resolva acumular para usar os dois na segunda metade da temporada (ou gastar as duas na primeira), o sistema não libera para tal. É um até o GP da Hungria e outro depois da silly season.

Equipes temporada 2019

Pontuação

O lineup só pode ser montado até o treino classificatório, pois os pontos começam a serem contados a partir do qualifying. Desde o treino até a corrida, cada requisito tem sua pontuação definida pelo fantasy, com algumas sendo exclusiva apenas do piloto, e outras gerais.

Pontuação – Treino Classificatório

  • Não avançou para o Q2: 1 pt
  • Foi para o Q2, mas ficou no Q3: 2 pts
  • Garantido no Q3: 3 pts
  • Classificou a frente do companheiro de equipe*: 2 pts
  • Não contabilizou tempo*: -5 pts

Bônus – Treino Classificatório

  • Pole Position: 10 pts
  • 2º lugar: 9 pts
  • 3º lugar: 8 pts
  • 4º lugar: 7 pts
  • 5º lugar: 6 pts
  • 6º lugar: 5 pts
  • 7º lugar: 4 pts
  • 8º lugar: 3 pts
  • 9º lugar: 2 pts
  • 10º lugar: 1 pt

Pontuação – Corrida

  • Completou a prova: 1 pt
  • Terminou a frente do companheiro de equipe*: 3 pts
  • Completou a prova + posições ganhas**: 2 pts por posição conquistada (max. 10 pts)
  • Volta mais rápida*: 5 pts
  • Começou a corrida no top 10**, terminou a prova, mas perdeu posições: -2 pts por posição perdida (máx. -10 pts)
  • Começou a corrida abaixo do top 10**, terminou a prova, mas perdeu posições: -1 pt por posição perdida (máx. -5 pts)
  • Não terminou a prova*: -15 pts
  • Desclassificação*: -20 pts

Bônus – Corrida (pontuação corresponde a da ‘vida real’)

  • 1º lugar: 25 pts
  • 2º lugar: 18 pts
  • 3º lugar: 15 pts
  • 4º lugar: 12 pts
  • 5º lugar: 10 pts
  • 6º lugar: 8 pts
  • 7º lugar: 6 pts
  • 8º lugar: 4 pts
  • 9º lugar: 2 pts
  • 10º lugar: 1 pt

Streaks*** (bônus por sequência)

  • Treino classificatório: 5 pts
  • Corrida: 10 pts

*pontuação individual do piloto

**posição inicial do grid de largada para contabilizar ganhos e perdas

***para construtores, 3 corridas. Para pilotos, 5 corridas

GP DA AUSTRÁLIA – O primeiro da temporada

Pelo Mundo

Ao se inscrever e criar sua equipe, você passará a atuar obrigatoriamente em três ligas: a liga global (o nome já diz tudo), a liga do seu país (nesse caso é aberto e não obrigatório por nacionalidade) e a liga da construtora que você torce ou mais simpatiza (no caso de quem escreve, a McLaren).

Até o presente momento em que este texto está sendo escrito, são mais de 200.000 pessoas que estão inscritas no mundo inteiro. Na liga nacional, o número de inscritos passa de 5000 usuários.

Lembrando que nas ligas principais, só pode entrar com uma equipe por liga. A sua ‘original’ não poderá ser trocada posteriormente.

As ligas

Como no bolão ou em pick’em ou survivor, as ligas podem ser criadas abertamente, sem limitação por usuário. Outra diferença é a duração do seu campeonato. Ou seja, caso queira um torneio com apenas uma corrida, isso pode ser feito.

Além do conceito básico (liga pública ou privada), é possível habilitar se mais de uma equipe criada pelo jogador possa participar. Se caso queira reservar uma equipe para cada campeonato (uma séria, uma de surpresas e outra econômica, por exemplo), isso é permitido.

Espero que curtam a experiência.

Se teremos liga no MSB, isso só a chefia responde. Até o próximo texto sobre as melhores opções para a primeira etapa do mundial.

Vitor Silva, o @chaveatle no twitter, é um monstro sagrado do Fantasy e escreve especialmente para o blog Major Sports.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.