baseball

NPB 2019: Power Ranking – Climax Series

Chegamos na reta final para os Playoffs da Nippon Series 2019 !!! !!!!

Konnichiwa minna san!!!! Yoroshiku onegaishimasu!!

Chegamos à reta final do Pro Yakyu!

Finalmente a Climax Series vai começar!!!!

ClimaxSeries

Antes de falarmos dos finalistas, é preciso ressaltar a competitividade dos times em ambas as ligas.

Na Central League, como eu já havia previsto no meu Preview da temporada, o campeão foi o todo poderoso Tokyo Yomiuri Giants. A surpresa ficou com o aumento da produção do Seed #2 o Yokohama DeNA BayStars que perseguiu até onde pode e caiu de produção nas nas últimas partidas, dando adeus ao título. O Seed #3 foi o mais surpreendente e dramático: o Hanshin Tigers, entrou na última semana precisando superar o Hiroshima Toyo Carp e o Chunichi Dragons… e foi com requintes de crueldade com o torcedor de Kansai: a classificação veio no último jogo da temporada, um jogo adiado contra os Dragons no Koshien e que precisava ser jogado. Era o “Win or Go Home” e foi um jogaço! Terminou 3 a 0 para a alegria da torcida dos Tigers.

Na Pacific League, foi tudo mais tranquilo para os classificados, pois, logo no início da última semana, algumas derrotas do Hokkaido Nippon-Ham Fighters e do Chiba Lotte Marines, decretaram a classificação do Saitama Seibu Lions (atual campeão da PL), do Fukuoka Softbank Hawks (atual campeão da Nippon Series) e do Tohoku Rakuten Golden Eagles. A briga se restringiu à disputa do título da PL entre Lions e Hawks, com uma série impressionante entre os dois times e uma diferença minuscula de 1 jogo. Resultado final foi o Bicampeonato dos Lions e a vantagem no Final Stage da Climax Series.

Foi emocionante!

Agora, sem mais, vamos falar dos confrontos e as previsões para as duas ligas, ok?

Primeiramente precisamos mostrar quem são os classificados:

A partir do próximo sábado (05/10) o First Stage da Climax Series começa em Yokohama e em Fukuoka!!

Os jogos serão realizados nos mesmo dias e horários:

  • 05/10 – Jogos #1 – as 14h00 em Yokohama e as 13h00 em Fukuoka
  • 06/10 – Jogos #2 – as 14h00 em Yokohama e as 13h00 em Fukuoka
  • 07/10 – Jogos #3 – as 18h00 locais (se necessário)

Vamos então tentar dissecar os confrontos e até projetar o que pode acontecer até a Nippon Series… e por que não quem será o campeão?

Começamos então pela CL que terá todos os seus jogos no Yokohama Stadium:

Esta série está marcada por dois times bem distintos.

Os Baystars tem muitos talentos que se destacaram ao longo da temporada, como o garoto “segundanista” sensação da temporada Shota Imanaga (ERA de 2.91 e recorde de 13-7) que se destacou na defesa e um ataque poderoso com os craques Yoshitomo Tsutsugo (29 HR + 24 Rebatidas Multibases) e Neftali Soto (43 HR + 18 Rebatidas Multibases) que carregaram o time nas costas.

Já nos Tigers, o destaque é o conjunto, com destaques para o veterano Yoshio Itoi (AVG .314 terceiro melhor aproveitamento da CL), o Rookie Koji Chikamoto (rebateu um ciclo no All Star Game) e os eternos Kosuke Fukudome e Takashi Toritani.

O mais especial dessa série é que o retrospecto mostra que apesar da vantagem ser dos Baystars por jogar em casa, a vantagem real é dos Tigers… Explico: os Tigers chegam com a moral de ter vencido os últimos 6 jogos da temporada regular, sendo deles 4 Shutouts. Além disso, dos 25 confrontos entre eles na temporada regular, foram 16 vitórias dos Tigers, com 8 delas em Yokohama… Como esse time joga bem em Yokohama!!!

É esperar pra ver!

Opinião deste colunista: Será decidido em 3 jogos, com vitória dos Tigers

Agora vamos falar da PL:

Para mim, os Hawks aqui não são uma surpresa, mas os Eagles sim, principalmente pela grande oscilação após os All Stars Games.

Será um confronto muito equilibrado e técnico, e exigirá muito dos dois times.

Os Hawks tem a sua disposição um Bullpen excelente, com dois starters excelentes: Kodai Senga (ERA 2.79) e Rei Takahashi (3.34) que combinam 25 vitórias e 14 derrotas na temporada, além de um total de 300 Strike outs somados!!! Ainda, há um ataque que se não é brilhante, tem nomes como Alfredo Despaigne e Nobuhiro Matsuda que combinam para 66 HR e 164 RBIs, além dos sempre decisivos Takuya Kai (MVP da Nippon Series 2018) e Seiichi Uchikawa.

Pelo lado dos Eagles, a aposta é no seu ataque que também não é brilhante, mas tem jogadores decisivos como Hideto Asamura e Jabari Blash que combinam para 66 HR e 207 RBIs, além do ótimo Ginji Akaminai que tem um AVG .304. E no Bullpen, tem o melhor Closer do ano, Yuki Matsui, que tem o melhor ERA do ano com 1.94, além de 38 Saves. É a garantia de que se o time chegar na frente na 9.ª, ninguém tira a vitória dos Eagles.

Opinião deste colunista: Será decidido em 3 jogos, com vitória dos Hawks mais uma vez!

Vamos acompanhar e ver quem chega até ao Final Stage da Climax Series e à Nippon Series!

Na próxima semana, escreverei sobre as séries da Climax Series, um Preview do Final Stage e da Nippon Series.

Banner NPB

Por hoje é só continue nos acompanhando nas mídias sociais que informaremos todos os resultados do dia pra você com exclusividade.

Deixe seus comentários!

Ricardo “Nozu” colaborou mais uma vez exclusivamente para o Major Sports Blog.

#Sports4Life

2 respostas »

    • Olá Takeshi. O termo shutout é utilizado para classificar uma partida em que o arremessador/time encerra a partida sem ceder corridas para o time adversário. Já os 13-7 do ótimo Shota Imanaga é o recorde de vitórias (13) e derrotas (7) na temporada regular.
      Um forte abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.