baseball

Série ‘David Ortiz’ – MLB Individuals (Década 2010)

Série nova no MajorSports. Para destacar e relembrar performances individuais, série memoráveis e partidas históricas que marcaram época.

Quem não lembra das partidas memoráveis de Michael Jordan pelo Chicago Bulls? Da tripla prorrogação que deu a primeira Stanley Cup ao Dallas Stars? Do 28-3? Do maluco Brasil x Holanda na semifinal de 1998?

Essas e outras estarão na série ‘David Ortiz’ sobre atuações, momentos épicos, sejam elas de estrelas ou ‘fora da curva’ e duelos marcantes nos esportes. O nome é em homenagem ao MVP da série da final da Liga Americana de 2004 na única virada 0-3 na história dos esportes americanos.

Na estreia, as cinco maiores atuações individuais das grandes estrelas da última década nos playoffs da MLB. Contando partidas entre os anos de 2010 e 2019.

#5 – Albert Pujols vs Texas Rangers (2011 World Series, jogo 3)

Na última conquista do St. Louis Cardinals, todos se recordam de David Freese e seu momento mais heroico. O que poucos se lembram é da partida impecável de Albert Pujols em Arlington. Foi 5-6, sendo 3 Home Runs, 6 RBI e 4 corridas anotadas com direito a igualar o recorde de 14 total bases na World Series.

#4 – Tim Lincecum vs Atlanta Braves (2010 NLDS, jogo 1)

SAN FRANCISCO – OCTOBER 07: Tim Lincecum #55 of the San Francisco Giants pitches against the Atlanta Braves in game 1 of the NLDS at AT&T Park on October 7, 2010 in San Francisco, California. (Photo by Ezra Shaw/Getty Images)

No auge, Tim ‘Freak’ Lincecum era uma máquina de strikeouts e isso se refletiu na primeira partida do San Francisco Giants nos playoffs daquele ano. Foram nada menos do que 14 K’s (recorde da franquia na pós-temporada) e uma performance avassaladora (apenas um walk e duas rebatidas cedidas) na magra vitória por 1-0.

#3 – Justin Verlander vs Oakland Athletics (2012 ALDS, jogo 5)

Era a volta de Oakland a pós-temporada e enfrentava um Tigers em ascensão. Após a derrota por walk-off na partida anterior, coube a Verlander chamar a responsabilidade e fazer uma performance dominante em um jogo de vida ou morte. Foram 9 innings com apenas quatro rebatidas cedidas, um walk e 11 strikeouts na vitória por 6-0 que colocou Detroit na decisão da Liga Americana.

#2 – Roy Halladay vs Cincinnati Reds (2010 NLDS, jogo 1)

Um duelo que entrou para a história. Doc Halladay mostrou que não era apenas um dos melhores pitchers da atualidade naquele dia, como simplesmente cedeu absolutamente nada para o Reds. Apenas um walk tirou a perfeição. Porém, o no-hitter em playoffs foi o único em toda a década (e o segundo em 150 anos de MLB em pós-temporada) na vitória por 4-0.

#1 – Madison Bumgarner vs Kansas City Royals (2014 World Series, jogo 7)

Uma das partidas mais tensas de toda a década e que foi decidida no detalhe. MadBum, ace do Giants, vinha de apenas dois dias de descanso (jogo completo, inclusive) e entrando como reliever pela primeira vez desde 2010. Logo de cara, quase botou tudo a perder não fosse Juan Perez e uma defesa salvadora para evitar o empate certo. Dali para frente, foram 12 eliminações seguidas até Alex Gordon dar outra sobrevida ao Royals. O flyball de Salvador Perez na mão de Pablo Sandoval sacramentou uma das maiores atuações da história da WS. Foram 5 entradas, duas rebatidas cedidas (além de quatro strikeouts) e o save na vitória por 3-2 que deu o terceiro título em cinco anos para SF. Bumgarner foi eleito o MVP da decisão.

Curtiram a nova série? Sentiu falta de alguma outra atuação memorável? Tem sugestões para as próximas? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.